Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

JOÃO PAULO II ESTAVA LIGADO À MAÇONARIA?

Capa Revista Chiesa Viva

Capa Revista Chiesa Viva - Karol Wojtyla Beato?... Jamais

por Araí Daniele

Eis o que diz o nº especial da revista “Chiesa Viva” de Brescia, Itália, setembro 2010, com o título garrafal: Karol Wojtyla. beato? Jamais!

«João Paulo II manifestou a sua posição de compromisso com a Maçonaria quando, em 1983, promulgou o “Novo Código de Direito Canônico”, onde o Cânon 2335 do velho Código:

«Aqueles que dão o próprio nome a uma seita maçônica ou a outras associações do mesmo gênero, que conspiram contra a Igreja ou contra os poderes legítimos, incorrem, ipso facto, na excomunhão, reservada à Santa Sé Apostólica»,

foi modificado com o novo Cânon 1374, que diz:

«Aquele que dá o seu nome a uma associação que conspira contra a Igreja, deve ser punido com uma justa pena: o promotor ou o diretor de tal associação deve ser punido com a interdição».

«Como se vê, o “Novo Cânon” 1374 não menciona mais a Maçonaria, não há mais interdição de colaboração com as Lojas maçônicas, nem mantêm mais a excomunhão ipso facto, porque, hoje, os mações são unicamente considerados entre os pecadores públicos. Alem disso, João Paulo II autorizou os Sacramentos aos mações, sem que antes tivessem abjurado.

Por exemplo: o ex Grão Mestre da Grande Loja da França, Richard Dupuy, que obteve as exéquias religiosas.

Também o ex Grão Mestre do Grande Oriente da França teve suas exéquias religiosas na paróquia de S. Francisco de Sales, em Paris. Em Soweto na Conferência Episcopal da África do Sul, em 1996, João Paulo II admitiu até Bill Clinton à Comunhão! Mas Bill Clinton provêm da sociedade maçônica de elite “The Order” de Oxford onde os Iluminados treinam os membros que devem atingir elevadas posições políticas.

João Paulo II e Bill ClintonClinton recebendo a comunhão

Estes “fatos” manifestam claramente que a posição da Igreja conciliar, diante da Maçonaria mudou e que João Paulo II se afastou dos Papas, para promover o “diálogo” com a Maçonaria que inocula o veneno na vida social de todo o mundo?

O apostolado do Anticristo

Desde os primórdios do Cristianismo avança um anti-apostolado, como escreveram os Apóstolos, para que os cristãos ficassem atentos a esta sedição crescente.

Mas o que dizem estes anti-apóstolos em veste de pastores?

Certamente nada que se afaste demais da mensagem apostólica, senão como poderiam enganar os fiéis e aliciar seguidores? Repetem, pois, a mensagem cristã, mas deturpada segundo sinais dos tempos, isto é da Revelação revisada segundo o progresso social e um iluminismo agradável aos apóstatas.

Ora, perscrutar os sinais dos tempos e seguir os progressos das ciências nunca foi anticristão; portanto tal anti-apostolado tem aparência fiel, mas de conteúdo contrafeito para inverter a direção da Fé. A Palavra de Deus ao homem é substituída por palavras dos homens sobre Deus. Assim, até o ateísmo é banalizado. Não tem mais sentido negar a existência de Deus quando se pode convencer que o ateísmo é um estado de espírito.

Um exemplo disto tudo está na pregação moderna de K. Wojtyla, antes e depois de ser eleito e assumir o nome de João Paulo II, que falou desse «estado de espírito» no Vaticano II.

Nosso Senhor morreu na cruz para remir os homens que se convertessem à Palavra evangélica? Para K. W., a redenção é universal, quer os homens saibam e se convertam a ela, quer não! Tal doutrina apareceu – de leve – na Gaudium et Spes, e depois – em cheio – na Redemptor hominis.

Quem procura aprofundar esse anti-apostolado nefasto tem vastos estudos à disposição, nós aqui falaremos do que defende e exalta o que provem da adorável Vontade de Deus.

A Confissão de Fé necessária neste momento histórico, em que o espírito do mal chegou a apresentar-se no Lugar Santo da Igreja católica, deve necessariamente encerrar todas as fórmulas das confissões da Igreja Apostólica. Esta Confissão foi sempre atualizada segundo as insídias modernas para desvirtuá-la.

Daí o Juramento antimodernista. Mas deve-se acrescentar que São Pio X não considerou necessário afirmar que um chefe visível da Igreja – primeiro confessor da Fé íntegra e pura da Esposa de Jesus Cristo – é reconhecível ao confessar publicamente essa mesma Fé. Quem, ao contrário, propõe outra fé, não pode ser o Vigário da Verdade, mas está no centro do mysterium iniquitatis profetizado. Foi o que aconteceu menos de cinqüenta anos após com a eleição do modernista Roncalli. Com o reconhecimento desta tudo parece perdido e a atual situação da Igreja, humanamente, não apresenta soluções.

São Nicola de Flue (XVº século) profetizou que:

«A Igreja será punida porque a maioria de seus membros, grandes e pequenos, serão pervertidos. A Igreja ruirá cada vez mais até parecer aniquilada e a sucessão de Pedro e dos Apóstolos interrompida. Será então que ela voltará a ser exaltada triunfalmente diante de todos os cépticos» (Catholic Prophecy, Y. Dupont, Tan, Rockford, 1970. p. 30).

A sobrevivência da Igreja é ato divino figurado na proteção ao Povo eleito do Antigo Testamento. A razão é compreensível na prova da fé: assim como nos perdemos por não ter acreditado em Deus, assim nos salvaremos voltando a crer, mesmo contra toda lógica humana. À esta sobrevivência da Igreja podemos participar testemunhando a ruína presente, pois Deus se serve sempre de seres humanos, mesmo os menores e mais fracos para testemunhar a verdade.

Diz São Paulo:

“A palavra da cruz é uma loucura para os que se perdem, mas para os que se salvam, para nós, é poder de Deus. Pois a Escritura diz: «Destruirei a sabedoria dos sábios e rejeitarei a prudência dos inteligentes». Onde está o sábio? Onde o douto? Onde está o argumentador deste mundo? Porventura Deus não tornou louca a sabedoria deste mundo?  De fato, quando Deus mostrou a sua sabedoria, o mundo não reconheceu a Deus através da sabedoria. Por isso, Deus quis salvar os que acreditam através da loucura que pregamos. Os judeus pedem sinais e os gregos procuram a sabedoria; nós, porém, anunciamos Cristo crucificado, escândalo para os judeus e loucura para os pagãos. Mas, para aqueles que são chamados, tanto judeus como gregos, Ele é o Messias, poder de Deus e sabedoria de Deus. A loucura de Deus é mais sábia do que qualquer sabedoria os homens, como a fraqueza de Deus é mais forte do que qualquer poder dos homens. Considerai, portanto, irmãos, a vossa vocação, a chamada de Deus, vede bem quem sois: entre vós não há muitos sábios, nem poderosos, nem nobres. Mas Deus escolheu o que é loucura no mundo, para confundir os sábios; e Deus escolheu o que é fraqueza no mundo, para confundir o forte. E aquilo que o mundo despreza, acha vil e diz que não tem valor, foi isso que Deus escolheu para destruir o que o mundo pensa que é importante. Deste modo, nenhuma criatura se pode orgulhar na presença de Deus. Ora, é por iniciativa de Deus que existis em Jesus Cristo, o qual Se tornou para nós sabedoria que vem de Deus, justiça, santificação e libertação, a fim de que, como diz a Escritura: «Aquele que se gloria, que se glorie no Senhor». (I Cr 1, 18-31)

Uma profecia de Pio IX? “Visto que o mundo se põe contra Deus e a sua Igreja, é claro que Ele reserva para Si a vitória sobre os inimigos. Isto se torna claro pelo fato que na raiz de nossos males está o alheamento dos que, tendo talento e vigor, preferem as satisfações terrenas e não só desertam Deus, mas O esquecem completamente. E, portanto, parece que estes não podem voltar a Deus em nenhum outro modo que através de um ato que não poderá ser atribuído a um agente secundário. Então todos deverão reconhecer o sobrenatural exclamando: Isto aconteceu pela intervenção do Senhor e é maravilhoso aos nossos olhos! Acontecerá um grande portento que suscitará no mundo grande estupor. Mas este será precedido pelo domínio da revolução. A Igreja sofrerá enormemente” (The Prophets and our Times, Rv. G. Culleton, Tan Books, Rockford, 1974).

Depois do eclipse o esplendor – A devastação conseqüente aos grandes enganos causa, para muitos, a reprovação divina. Tudo indica que, para chegarmos a um despertar geral e a uma volta à Fé, vamos ainda passar por um grave desastre material. Porém, também este será para o bem de muitos e pode-se crer que haverá a conversão hebraica segundo S. Paulo (Rm, 13).

Profecia final? Na Mensagem de Fátima lemos, depois da imensa devastação material das guerras e da degradação moral das revoluções, o triunfo final do Bem. Então se tornará a ver a conversão das consciências à Verdade, à Palavra de Jesus Cristo, a única que pode regenerar e quer fazê-lo através da intervenção de Maria Imaculada.

Sobre a Imaculada São Pio X ensinou:

“No meio deste quase dilúvio de males, nos aparece diante dos olhos a Virgem clementíssima, como arbitra de paz entre Deus e os homens – Colocarei o meu arco-íris nas nuvens e será o sinal do pacto entre Mim e a terra. Desabe a tempestade e se obscureça o céu: ninguém desespere. À vista de Maria, Deus se aplacará e perdoará. […] Creiam os povos e confessem abertamente que Maria Virgem, desde o primeiro instante da sua concepção, foi isenta de toda mancha; com isto mesmo será necessário admitir também o pecado original, e a redenção dos homens por obra de Cristo, o Evangelho, a Igreja, e até a mesma lei da dor: assim, quanto cheira a “racionalismo” e “materialismo” será arrancado e destruído, e permanecerá para a doutrina cristã o mérito de guardar e defender a verdade… ‘O arco-íris estará nas nuvens e Eu, ao contemplá-lo, lembrar-Me-ei do pacto eterno. E não retornarão as vagas do dilúvio para exterminar todos os vivos’. Sem dúvida, se como convêm, confiamos em Maria… presenciaremos que ela é sempre aquela Virgem potentíssima – que com o seu pé virginal esmagou a cabeça da serpente” (Enc. Ad diem illum laetissimum, 2/2/1904).

Immaculada

Mãe Puríssima, Rogai por Nós!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: