Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Leão XIII x João XXIII

Leão XIII e João XXIII

“São Miguel Arcanjo, protegei-nos no combate, sede nosso auxilio contra a malícia e ciladas do demônio. Exerça Deus sobre ele império, como instantemente vos pedimos, e Vós, Príncipe da milícia celeste, pelo divino poder, precipitai no Inferno a Satanás e os outros espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para perder as almas. Amém”.

Como é que nasceu esta oração? 

Transcrevo um artigo que foi publicado na revista: Ephemerides Liturgicae escrito pelo Pe. Domenico Pechenino em 1955, a págs. 58-59.
Uma manhã, o grande Pontífice Leão XIII tinha celebrado a Santa Missa e estava a assistir a uma outra de ação de graças, como de costume.
De repente, viu-se ele virar energicamente a cabeça, depois de fixar qualquer coisa intensamente, sobre a cabeça do celebrante. Mantinha-se imóvel, sem pestanejar, mas com uma expressão de terror e de admiração, tendo o seu rosto mudado de cor. Adivinhava-se nele qualquer coisa de estranho, de grande.

Finalmente voltando a si, bate ligeira, mas energicamente com a mão, levanta-se. Dirige-se ao seu escritório particular. Os mais próximos seguem-no com preocupação e ansiedade. E perguntam-lhe em voz baixa: Santo Padre, não se sente bem? Precisa se alguma coisa? Responde: “Nada, nada”.

Daí a uma meia hora manda chamar o Secretário da Congregação dos Ritos, e estendendo-lhe uma folha de papel, manda fazê-la imprimir e enviar a todos os Ordinários do mundo. Que assunto continha? A oração que rezávamos no fim da missa com o povo, com a súplica a Maria e a invocação ardente ao Príncipe das milícias celestes, implorando a Deus que precipite Satanás no inferno.

(…)

Conforme se pode constatar a presença aterrorizadora de Satanás foi claramente tida em conta pelo Pontífice; e a intenção que Pio XI [rezar de modo particular pela Rússia], tinha acrescentado, visava mesmo o fundamento das falsas doutrinas difundidas no nosso século, que envenenaram não só a vida dos povos mas também dos próprios teólogos. Se a disposição tomada por Pio XI não foi respeitada, a falta deve-se àqueles a quem tinha sido confiada; inseria-se perfeitamente no âmbito dos avisos carismáticos que o Senhor havia dado à humanidade através das aparições de Fátima, embora mantendo-se independente desta: Fátima ainda era desconhecida do mundo. (Relatos de um Exorcista, Pe. Gabriele Amorth.)

Estava o papa Leão XIII atento aos sinais dos tempos. Atento contra os erros e seduções do Pai da mentira. Escreveu em 1884 a Encíclica Humanum Genus, para tratar a questão da maçonaria, reconhecida filial do reino do anticristo.

Porém a estes sinais quis João XXIII tapar os olhos para ver outros sinais, da evolução do tempo, para ver o homem moderno, para admirá-lo. Abriu as janelas do Vaticano para a fumaça de Satanás. Mas será que fosse tão desligado de sinais.

Apresentamos abaixo o texto do Jornal da Basílica de Santo Ambrósio que recebeu de presente a cruz peitoral que usava João XXIII enquanto Núncio Apostólico ( na página 4):

Croce Roncalli / Cruz de Roncalli http://d1.scribdassets.com/ScribdViewer.swf?document_id=47773536&access_key=key-23fj4jre4nvkqkq4knf0&page=1&viewMode=list

 

Cronistoria di Una Croce

[A imagem é a mesma já publicada aqui em cores]

Um fato curioso sobre João XXIII é que há testemunhos de suas visões de seres estranhos nos jardins vaticanos, mas que ele resolveu ocultar. Poderíamos nos perguntar o porquê. Seriam novas profecias de desgraças que a ele eram antipáticas ou seriam outras mensagens providenciais que ele decidiu ocultar como fez com a mensagem de Fátima.

[O vídeo em espanhol com legendas em italiano trata ainda da iniciação maçônica de João XXIII]

De qualquer forma, estamos diante do paradoxo de duas personalidades diametralmente opostas a do Papa Católico que quer livrar os fiéis das incidias do demônio e a do “papa bom”, filo-maçon, que quer um acordo com o mundo.

“Os mais maliciosos inimigos tem enchido de amargura a Igreja, esposa do Cordeiro Imaculado, tem-lhe dado a beber absinto, tem posto suas mãos ímpias sobre tudo o que para Ela é mais sagradoOnde foram estabelecidas a Sé do Beatíssimo Pedro e a Cátedra da Verdade como Luz para as Naçõeseles tem erguido o Trono da Abominação e da Impiedade, de sorte que, ferido o Pastor, possa dispersar-se o rebanho.” (Exorcismo do Papa Leão XIII)


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: