Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

A IGREJA VISÍVEL NO CULTO AOS SAGRADOS CORAÇÕES

Arai Daniele

São muitos os que hoje aceitam o «papa conciliar e ecumenista» baseados na necessária visibilidade da Igreja. Aceitam uma potencial «anti-igreja» para evitar a falta de visibilidade da verdadeira, que parece decapitada.

Mas, o que deve ser visível na Igreja senão a união no testemunho da Fé que nos foi legada por Nosso Senhor Jesus Cristo? Sem esta Fé íntegra e pura só é visível, por mais edifícios, adornos e festas que exiba, outra igreja que, acéfala do seu Princípio, vazia do seu culto milenar, é um engodo para desviar as pessoas e os povos de seu mais alto fim: o Culto divino!

Ora, parece que este culto é todo espiritual e pode prescindir da Igreja real.

Em verdade a forma da Igreja vem desse aspecto interior espiritual, mas como resposta ao aspecto externo revelado, que é sensível: audível e visível.

ARTIGO COMPLETO

8 Respostas para “A IGREJA VISÍVEL NO CULTO AOS SAGRADOS CORAÇÕES

  1. Rodrigo setembro 27, 2011 às 2:07 am

    Salve Maria!

    Permita-me dizer que aprecio sobremaneira os artigos publicados neste site e que sou seu leitor frequente.
    Tenho uma dúvida que gostaria que me esclarecessem, se possível.
    É a respeito do conclave de 1958 e 1963. É verdadeira a tese que diz ter sido o Cardeal Giuseppe Siri o eleito ao Trono de Pedro em ambos os conclaves?
    Poderiam ajudar-me a esclarecer esses pontos?
    Deus lhes pague a caridade da atenção!

    In Christo et Matre

    • promariana setembro 27, 2011 às 4:46 pm

      Salve Maria!
      Segundo Pio XII o mais razoável dos candidatos à sua sucessão era Siri.
      Foi descartado em 1958 com a desculpa de pouca idade. Assim abriram as portas a um «papa de transição».
      Eis como o velho Roncalli (e os «papas conciliares») escalaram o «Templo da Verdade» em 1958.
      Em 1963, há um testemunho que Siri tenha sido eleito, mas desistindo devido a ameaças.
      Ele reconheceu que ali aconteceram coisas horríveis, mas nunca reivindicou a Cátedra.
      Há diversos escritos e muitas ilusões sobre isto.

  2. Rodrigo setembro 27, 2011 às 4:54 pm

    Grato pelos esclarecimentos.
    Se entendi, então seria a tese de que o verdadeiro papa eleito fora Giuseppe Siri?

  3. Rodrigo setembro 27, 2011 às 4:55 pm

    Errata: então seria infundada a tese de que o verdadeiro papa eleito fora Giuseppe Siri?

  4. Rodrigo setembro 27, 2011 às 4:58 pm

    Há alguma bibliografia em lingua portuguesa sobre o assunto?
    Mais uma vez, meus sinceros agradecimentos pela atenção em responder minhas dúvidas!

    Deus lhes pague!

  5. R. Ruiz setembro 28, 2011 às 10:45 pm

    Salve Maria!

    Como posso obter o livro “Segredo de Fátima ou Perfídia em Roma” do Sr. Araí Daniele?
    O mesmo já se encontra disponível para venda?

    Muito obrigado!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: