Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

FÁTIMA E AS ETAPAS DO ANTICRISTO: JERUSALÉM E ROMA

AnticristoO Anticristo tinha por meta final ocupar o «Lugar santo» de Deus.

Na Terra, qual é este senão onde se preserva a Sua Palavra e Culto, isto é a Sede da Verdade da qual, a partir da Sua Autoridade, os consagrados cumprem a Vontade divina?

Este «Lugar», antes da vinda do Verbo Encarnado, era representado pelo Templo de Jerusalém, onde se preservava o que havia de mais sagrado dado por Deus.

Depois da vinda de Jesus Cristo, o Bem a preservar é a Sua Palavra e os Sacramentos de Sua Graça e Culto, segundo a Sua Vontade revelada.

Eis os alvos do Anticristo, de seus precursores de todos os tempos e vigários atuais.

Se tudo iniciou em Jerusalém e seu Templo, cujo Véu, que separava o Santo dos Santos foi rasgado com a morte de Jesus na cruz, continuou na «Nova Jerusalém», que é Roma.

O Templo de Jerusalém continuava a ser lugar de oração para todos, mas os próprios Judeus notaram a diferença quando os Apóstolos ai «ofereciam esmolas e dons», junto com os gentios que eles haviam purificado (cf. At 21). Mas a autoridade na Fé, que procede de Jesus, Cabeça única da Igreja, ficou representada por São Pedro e sucessores a partir de quando Jesus subiu aos Céus. Pedro respeitava Caifás como chefe dos Judeus, mas o poder na Igreja nascente era confiado a ele.

Quando o Sinédrio o quis preso, o Anjo foi enviado por Deus para libertá-lo.

Mais tarde em Roma foi instaurada essa Igreja, a «Nova Israel» e «Sede da Verdade», alvo supremo do Anticristo. Já o previra Santo Agostinho na «Cidade de Deus», quanto à Igreja; já o confirmavam os Papas e em especial para os nossos tempos Leão XIII no «exorcismo» para o Ritual Romano que, pelo que se sabe, redigiu em 1884 contra Satã e os Anjos Apóstatas intentos a destruir a Igreja.

Ora, os pastores do Vaticano 2 incidiram na indigna exaltação de princípios maçônicos, como o da liberdade de consciência, não revelado por Deus e para a confirmação dos quais os Papas receberam todo o poder no mundo humano. Assim, é justo evocar a prece de exorcismo a São Miguel Arcanjo que o Papa Leão XIII redigiu em vista dos atentados à Fé destes tempos finais:

“As hostes astuciosíssimas encheram de amargura a Igreja, Esposa Imaculada do Cordeiro, e inebriaram‑na com absinto; puseram‑se em obras para realizar todos os seus ímpios desígnios. E ali onde está constituída a Sede do beatíssimo Pedro, e Cátedra da Verdade para iluminar os povos, ali colocaram o trono da abominação de sua impiedade, para que, ferido o pastor se dispersassem as ovelhas. Portanto, ó vós, Líder invencível, sustentai o povo de Deus contra as impiedades espirituais que o atacam; e levai-o a vitória.”(tradução de Dom Antônio de Castro Mayer)

Onde se manifestará o mistério de iniqüidade do Anticristo?

O fato diz respeito a quem tem o poder de impedi-lo, mas é «tirado do meio» (2 Ts 2).

A ausência de quem tem o poder das chaves para evitar a intrusão do Anticristo corresponde à presença deste. A rebelião final contra a autoridade de Deus se manifesta, onde a obra da Redenção é feita para sanar a primeira rebelião.

Esta hoje se manifesta na Sua Igreja? Seria o mistério da iniqüidade, que fora reprimido pelo poder divino do papado?

O espírito humanitarista que causa hoje a apostasia silenciosa, a partir de uma cúpula clerical, procede do Anticristo que fez eliminar o Papa com todo o seu séquito católico.

Assim, o poder que impedia a iniqüidade é agora supostamente usado para promovê-la.

O inimigo transpôs o limiar da Igreja para inebriá‑la com absinto; aliciou seus clérigos para transformá-la, pondo-os em obras para realizar todos os seus ímpios desígnios.

Do seu lado está, porém, quem foi eleito para a sede do beatíssimo Pedro, e Cátedra da Verdade para iluminar os povos, exorcismo escrito por. Leão XIII. Seu sucessor, São Pio X, na sua primeira alocução papal disse ser lícito pensar que o Anticristo já está entre nós (no Vaticano). De fato, o seu espírito é reconhecível pelo seu mais alto objetivo, isto é, o Lugar santo em Roma, de onde há que mudar os tempos e as leis (Dn 7, 25), para forjar um culto do homem visto como Deus; trata-se do culto ecumenista, o «novus ordo» sinárquico do panteão das crenças do mundo que desde Assis revelou o seu vulto sincretista e mundialista.

O pior è que o mundo dito católico reconhece e até acusa esta abominação contra Deus Uno e Trino – contra o único Sacrifício redentor – mas se recusa a ver o «papa herege».

Todas as desculpas são boas e até de teor patrístico e erudito para justificar o poder de quem, agindo sob o influxo do espírito aberto ao mundo, altera a Doutrina e a Liturgia.

O poder de quem muda com o Vaticano 2 os tempos e as leis da Igreja é reconhecido como divino. Ouvem-se então os maiores absurdos, que querem justificados até por santos e doutos teólogos do passado, que veriam com horror o que o Vaticano conciliar perpetra à luz do dia: elogios aos inimigos da Fé; reuniões religiosas com os que negam Jesus; pedidos de perdão aos que denigram a Santa Mãe; revisões das condenações da Igreja, que são irreformáveis. Tudo a favor de uma nova religião para uma «verdade» mutável segundo as modas!

Dizem até que o Anticristo não almeja perverter Roma, mas o Templo de Jerusalém.

Logo, haveria que esperar a reconstrução do Templo para se ver a sua manifestação!

No meio tempo, novos hereges e cismáticos seriam os que negam ter os conclaves conciliares elegido enviados por Deus para guiar a Igreja na Fé.

Isto embora estes «papas eleitos», de João23 aBento 16, tenham alterado a Fé e, ao invés de confirmá-la a deturpam, mas seriam «critério próximo da Fé». Se não o são evidentemente na Fé, porque trazem um novo evangelho modernista e conciliar, como podem ter a autoridade apostólica conferida divinamente para converter à Fé?

Como se a certeza na Fé não viesse da profissão de Fé de Pedro, que «não procede da carne nem do sangue, mas do Pai». Ao contrário, esta certeza, viria de uma reunião de cardeais, que não se sabe o que professam nem o que sabem do «papa» que elegem.

A aparição de Nossa Senhora em La Salette foi reconhecida pela Igreja, não a sua mensagem profética. Mas pode-se negar o que já aconteceu de modo progressivo, desde 1846, como obra do Anticristo? Seria um testemunho infiel; uma negação temerária.

Nossa Senhora de Salette

Vejamos o que é histórico. Pode-se negar que pela mensagem de Nossa Senhora deLa Saletteo mundo viu o liberalismo religioso transformar muitos padres em “cloacas de impurezas” e preparar o caminho para a infecção do ateísmo no estado socialista?

– O Manifesto de Marx, que seguiu aos erros políticos de um imperador carbonário?

– O perigo crescente do poder temporal inimigo da Igreja, que manobrou o assalto contra a Roma católica durante o I Concílio do Vaticano (1870)?.

– O Papa Pio IX prisioneiro no seu palácio, preocupado com a defesa da Fé contra os assaltos internos da parte do clero e até de bispos?

– O perigo apocalíptico do abismo aberto pelo liberalismo, evocado nas palavras do Papa Gregório XVI (encíclica Mirari vos) ?

De fato, se o grande mal consiste na abertura do poço do abismo, que infectará toda a Terra, e a chave doutrinal tem por nome “liberdade religiosa”, a grande questão era interpretar qual seria a estrela caída do Céu em terra que a usará: o «bispo com a chave».

Ora, as estrelas do firmamento da Igreja são os bispos. Estas são as luzes que guiam e iluminam no alto com a luz de Deus. O que seria então a estrela que recebeu a chave?

O bispo com a chave, senão a figura do bispo de Roma?

Em La Salette, Nossa Senhora revelou o mistério: “Roma perderá a fé tornar-se-á sede do Anticristo.” Eis então o perigo supremo que se verificou. Mas sua seqüela pior não é reconhecida. Entende-se o porquê; trata-se da grande apostasia, da cegueira na Fé!

Guias Cegos - Capa do Livro Entre Fátima e o Abismo

A Parábola dos Cegos (Bruegel)

Uma resposta para “FÁTIMA E AS ETAPAS DO ANTICRISTO: JERUSALÉM E ROMA

  1. Pingback: SERÁ A “ASSUNTA” VIRGEM IMACULADA A NOS VALER « Pro Roma Mariana

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: