Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

A IMACULADA CONCEIÇÃO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

Nossa Senhora na Síria

Maria Imaculata, Vas spirituale,Vas honorabile, Vasinsigne devotionis

No dia da Imaculada Conceição há que meditar sobre o verdadeiro respiro espiritual de nossa alma na Palavra revelada que, no pensamento do Amor Divino, liga à vida através de Maria.

À Palavra vamos recorrer no livro da Gênese, que pode clarear a hora tenebrosa em que predominam, como hoje, os desatinos do ser humano decaído, com a atrocidade das guerras, mas pior, com as perversas manipulações da vida para clonar e abortar criaturas humanas, na sempre renovada e crescente rebelião ao Criador.

Haveria na Gênese uma palavra sobre esta transgressão estrema que segue à de Adão e Eva do único preceito dado então por Deus: “Podes comer do fruto de todas as árvores do jardim; mas não comas do fruto da árvore da ciência do bem e do mal; porque no dia em que dele comeres, morrerás indubitavelmente” (Gn 2,17) ?

Adão conheceu a ameaça de morrer, mas com Eva preferiu a  ilusão do sussurro diabólico: (Gn 3, 4) “Oh, não! não morrereis! Deus bem sabe que, no dia em que dele comerdes, vossos olhos se abrirão, e sereis como deuses, conhecedores do bem e do mal.” Foi como o gênero humano caiu nos primeiros pais e mereceu a fatal sentença divina (Gn 3, 17-19: 21).Todavia, para proteger suas vidas… «O Senhor Deus fez para Adão e sua mulher umas vestes de peles, e os vestiu. E Deus disse: “Eis que o homem se tornou como um de nós, conhecedor do bem e do mal. Agora, pois, cuidemos que ele não estenda a sua mão e tome também do fruto da árvore da vida, e o coma, e viva eternamente.”

É a frase misteriosa da Revelação depois que Deus vestiu a criatura humana para sobreviver enfrentando o frio e as agruras da vida fora do Jardim do Paraíso. Nesta frase da Trindade divina, sobre o risco do poder humano de colher do fruto da árvore da vida e viver eternamente, é indicada a pretensão de poder no mal.

Para muitos exegetas se trata de ironia divina diante da soberba do homem ao contrariar a sentença divina. Mas muito mais soubemos desde então sobre os desígnios de Deus Uno e Trino para a recuperação da alma imortal do ser humano, vivente à Sua Imagem e Semelhança, livre, até para o mal! Soubemos que o divino desígnio da Santíssima Trindade, das Três pessoas iguais e distintas, do Pai, do Filho e do Espírito Santo, era de compartilhar da humanidade dessa criatura, criada livre e boa, mas que decaíra. E o desígnio de Nosso Senhor Jesus Cristo para poder remi-la para a vida eterna, era partilhar de seus sofrimentos com os tormentos da cruz; com a própria paixão e morte.

Então, aquela frase já velava o desígnio desse imperscrutável mistério teândrico, segundo a sublime Misericórdia: a Encarnação do Filho do homem, segunda pessoa da Divina Trindade no seio da Virgem Maria por obra do Espírito Santo, para com o Seu Sangue cumprir a Vontade de salvação do Pai.

Eis que o bem para todo ser humano consiste em aceitar este sublime desígnio do Criador. Aquela frase de tom irônico resumia nada menos que a expressão sublime da compaixão através do próprio Sacrifício de amor do Pai através do Filho, ao sorver do cálice de suas dores lacerantes, para a vida eterna de muitas almas.

E para isto a Sabedoria divina havia previsto a «outra Imaculada criação»; o Cálice de um Coração sagrado que provêm de «outra criação» – «não deste mundo», para remir a criação humana decaída e mergulhada neste mundo. O poder do Sangue divino derramado para salvar as almas, para que vivam eternamente – apesar da rapina original do fruto da Árvore da vida, vem neste Cálice sagrado.

Getsemani

Só a visão do Cálice santo desse Coração de Mãe podia confortar Jesus que no Horto das Oliveiras via o cálice de todas as abominações de nossos pecados humanos; uma visão de inferno que já transparece da vida e dos corpos de quem obtêm toda glória e fortuna nessa vida no desprezo da eternidade.

Toda a história humana ficou marcada por essas duas «cidades», representando duas visões. Santo Agostinho explica os dois amores que fundaram duas cidades: o amor de si mesmo, levado até o desprezo de Deus, formou a cidade terrena; o amora Deus, levado até o desprezo de si mesmo, gerou a cidade celeste. A primeira glorifica a si mesmo, a segunda a Deus. Porque uma procura a glória dos homens, a outra considera sua máxima glória Deus, testemunha da consciência. Uma ergue a cabeça no orgulho. A outra diz a seu Deus: Sois a minha glória, elevais a minha cabeça (Sal. 3,4). A Venerável espanhola Maria de Ágreda escreveu um livro edificante sobre a Mística Cidade de Deus, que é a vida de Maria Santíssima. Na visão do Coração Imaculado de Maria, da Mulher e Mãe puríssima que, Medianeira de todas as graças para a nossa salvação, já mostra a luz do Paraíso, que pode desfazer toda sombra de perversão degradante da vida humana neste mundo.

Nós católicos devemos saber, como foi repetido em Fátima, que foi Deus mesmo no Seu poder a criar esse Cálice do Sangue de Vida através da morte lacerante de Jesus Cristo, esse Graal de «outra criação», como está na Carta de São Paulo aos Hebreus (9, 11); Cálice vivo que tem o Santo Nome da Mãe criada pelo Amor divino para mediar a Redenção do Filho de Deus.

Eis o Nome do poder que volta como única solução para o nosso tempo. É o Nome do Coração Imaculado de Maria Santíssima, a Medianeira de todas as graças, a quem foi confiado o poder de converter homens e nações para instaurar por fim a Ordem da Verdade que Jesus, seu divino Filho, trouxe ao mundo.

Glória ao Pai, ao Filho e ao Espírito Santo, na memória da Imaculada Conceição do Imaculado Coração de Maria!

Uma resposta para “A IMACULADA CONCEIÇÃO DO IMACULADO CORAÇÃO DE MARIA

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: