Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

A UNIDADE METAFÍSICA ENTRE A MORAL E O DOGMA CATÓLICO: a confusão entre a ordem sobrenatural e a ordem natural é constitutiva do adultério religioso e de toda apostasia

Assis 2011

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral

Em Deus Bendito não encontramos a unidade, mas a unicidade. Nos entes criados puramente espirituais, os Anjos, cada um deles constitui por si só uma espécie, assim concentrando uma altíssima perfeição e uma imutabilidade natural em alto grau; na realidade os anjos de espécies mais perfeitas pràticamente só estão em potência para a elevação à Ordem Sobrenatural. Mas nos anjos encontramos unidade, porque podem ser conceituados em unidades unívocas, possuindo essa unidade um fundamento plenamente objectivo.

Nos homens, compostos de corpo e alma, são os indivíduos que demonstram e actualizam toda a riqueza da espécie, é a matéria que confere à forma a possibilidade de se desenvolver em toda a sua fecundidade. Neste quadro conceptual se compreende a muito maior potencialidade do ente racional corporal, e consequente maior mutabilidade e limitação na perfeição.

Estes conceitos aplicam-se a toda a criação. Mas Deus Bendito nem no conceito, nem na realidade, pode ser unívoco com a criatura. Só se pode aplicar a analogia. Por isso em Deus só pode haver unicidade.

Na analogia encontramos o fundamento de toda a nossa perfeição natural, bem como a potência obediencial, a capacidade de sermos elevados à Ordem Sobrenatural, de forma totalmente gratuita, mas necessàriamente obrigatória.

Se pudéssemos merecer a elevação ao estado Sobrenatural, então já não seria nada sobrenatural, mas apenas uma ilusão demoníaca.

PensadorA CONFUSÃO ENTRE A ORDEM SOBRENATURAL E A ORDEM NATURAL É CONSTITUTIVA DE TODA A APOSTASIA. Efectivamente, a Ordem Sobrenatural reside infinitamente acima da ordem natural; por isso tem de ser totalmente gratuita.

Já pensámos o que significa ser admitido na Família da Santíssima Trindade por toda a eternidade? Conhecermos a Deus Uno e Trino como Ele Se conhece; amá-l’O como Ele Se ama; gozá-l’O como Ele Se goza? E tudo isto pela Graça Santificante, semente de Eterna Glória; por ela somos acidentalmente Aquilo que Deus Uno e Trino É no plano substancial. A Graça Sobrenatural permanece na Eternidade, bem como os Dons do Espírito Santo; mas então ser-nos-á também necessário o LUME DA GLÓRIA, hábito sobrenatural na inteligência, imensamente superior à Fé, a qual ele substitui, tornando a alma capaz da visão beatífica; mediante esta contemplaremos a Deus sem qualquer intermediário objectivo, sem qualquer espécie que não constitua a própria ESSÊNCIA DIVINA.

Existe uma profunda analogia entre as realidades naturais e os mistérios sobrenaturais. Nem poderia ser doutro modo, na exacta medida em que a Revelação constitui a intervenção positiva de Deus na História humana, ilustrando-a com o lume da Sua Verdade Providencial. EM DEUS NADA HÁ DE ARBITRÁRIO. Tudo está metafísica e teològicamente ordenado pela LEI ETERNA.

OS MISTÉRIOS SOBRENATURAIS SÃO DOGMA E SÃO MORAL. O SER E O OPERAR SÃO DISTINTOS, MAS NÃO PODEM SER SEPARADOS.

São Tomás, na sua Suma Teológica distinguiu, mas não separou, o Dogma e a Moral; tal como distinguiu, mas não separou, a Teologia da Filosofia.

O dinamismo dos entes reflecte a tensão neles existente ( essa tensão é inversamente proporcional ao seu grau de perfeição) entre o seu ser, necessàriamente circunscrito pelos limites da sua essência, e o SER sem limites.

Os entes racionais provêm de Deus, e deverão voltar a Deus. No caso do Anjos, que na ordem natural não podem errar nem pecar, a sua operação em ordem à salvação SOBRENATURAL esgotou-se num só acto – bom ou mau.

A perfeição específica dos Anjos, a sua espiritualidade, a sua pouca potencialidade, práticamente só em relação à Ordem Sobrenatural, como já explanámos, implica que o anjo não possa, ontològicamente, fazer penitência do seu pecado: Num só acto, bom ou mau, decide toda a sua eternidade. Não assim o homem, constituído por corpo e alma, com todas as contradições que tal representa, com todas as cisões, com todas as reconciliações, com todas as superações; é verdadeiramente no homem que se processa uma ciência, e um drama da operação.

A Revelação ilumina toda a criação e todo o dinamismo operativo do ente racional, QUE SE DEVERÁ MOVER NA VERDADE E NO BEM, MOVER-SE-Á ASSIM NO SER, NATURAL E SOBRENATURAL, EM PLENA COMENSURABILIDADE, EM PLENA PROPORÇÃO, EM PLENA HARMONIA, COM A INTEGRIDADE DOS MISTÉRIOS SOBRENATURAIS DE CUJO LUME AUFERE A CAUSA EXEMPLAR, A CAUSA EFICIENTE, E A CAUSA FINAL DO SEU AGIR.

Neste quadro conceptual, o dinamismo moral é ser e fonte de ser, nele se constitui a dignidade operativa do ente racional, mediante a sua progressiva identificação sobrenatural com Deus Nosso Senhor na plenitude dos Seus mistérios, das Suas infinitas perfeições.

Quando o Dogma se desmorona, colapsa igualmente, necessàriamente, a Moral. É perfeitamente lógico. A Moral constitui a face operativa do Dogma, e o Dogma constitui a face especulativa da Moral.

Assim se compreende como o próprio Bergoglio se tenha surpreendido com os lobbys pederastas no Vaticano; e não apenas no Vaticano, pois que estão disseminados por todo o mundo. Todavia o bom católico não pode surpreender-se com aquilo que não apenas constitui o látego Divino que corrobora o aforismo teológico- peccatum, poena peccati – como também ostenta um estandarte público, notório e eficaz, um sintoma maldito, da infame apostasia conciliar.

Como é que alguém com responsabilidades pode produzir a monstruosa asserção de que a Igreja conciliar é a Santa Madre Igreja?

É certo que no passado também houve pederastia na Santa Igreja de Deus – MAS CONSTITUÍA UMA QUESTÃO DE FACTO. Agora não, agora CONSTITUI A FACE OPERATIVA DA APOSTASIA.

É UMA QUESTÃO, ESSENCIALMENTE, DE DIREITO. ESTA IGREJA CONCILIAR REPRESENTA A MAIOR MALDIÇÃO, A MALDIÇÃO SUPREMA, QUE ALGUMA VEZ INFECTOU A FACE DA TERRA.

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Lisboa, 12 de Junho de 2013

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: