Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

O INQUÉRITO APÓSTATA DE BERGOGLIO

Jesus flagelado

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral

               Procedamos à leitura do seguinte trecho da carta encíclica “Singulari Nos“, promulgada pelo Papa Gregório XVI, contra Félicité de Lamennais, em 25 de Junho de 1834:

« 3-Horrorizamo-nos grandemente, veneráveis irmãos, desde o primeiro relance de olhos, e lamentando a cegueira do autor, imaginamos até onde chega aquela ciência que não seja segundo Deus, mas segundo as orientações do mundo. Afinal, opondo-se à Fé solenemente expressa naquela sua disposição, com circunlocuções caprichosas de palavras e com fingimentos, começou a hostilizar e a subverter a Doutrina Católica, a qual, pela autoridade confiada à nossa humildade, definimos com a acima mencionada carta, seja no que diz respeito à devida sujeição às autoridades, seja no ter de distanciar-se dos povos o mortífero contágio do “indiferentismo” e lançar um basta à desenfreada liberdade de opinião e de expressão, seja no que se refere ao ter de condenar-se a absoluta liberdade de consciência e a péssima conspiração de sociedades compostas até mesmo de seguidores de falsas religiões, para a ruína da Igreja e do Estado…
…5- É incómodo enumerar aqui tudo o que foi juntado nesse péssimo parto de impiedade e de audácia, para revolver as coisas Divinas e humanas. Mas suscita de modo especial a indignação, e é de facto intolerável para a religião, que o autor, em defesa desses graves erros, APRESENTE PRESCRIÇÕES DIVINAS, e as imponha aos incautos, como se fosse mandado e inspirado por Deus para libertar os povos da Lei da obediência, e depois de haver iniciado com o Santíssimo Nome da Augusta Trindade, reproduza por toda a parte as Sagradas Escrituras, e suas palavras – que constituem palavras do Senhor – as contorça com astúcia e audácia, para inculcar tais perversos delírios, de modo que com maior confiança, como dizia São Bernardo “espalhe as trevas por luz; e pelo mel, ou melhor, no mel, destile o veneno, CRIANDO UM NOVO EVANGELHO AOS POVOS, E COLOCANDO UM FUNDAMENTO DIFERENTE DAQUELE JÁ POSTO”.
Mas dissimular com o silêncio tanta ruína trazida à sã Doutrina é a nós proibido por parte d’Aquele que nos estabeleceu como vigia em Israel, a fim de prevenir no erro aqueles que Jesus, Autor e aperfeiçoador da Fé, confiou aos nossos cuidados.»

Quando em 1981, a propósito do referendo italiano sobre o aborto realizado a 17 de Maio, o Vaticano acorria pressuroso a recolher assinaturas para a sua realização, SEM CONDENAR, E PELO CONTRÁRIO REAFIRMANDO, O PRÓPRIO PRINCÍPIO FILOSÓFICO-POLÍTICO APÓSTATA DO REFERENDO, mobilizando para tal objectivo todas as suas repartições e estruturas – sabemos que o castigo veio logo: Em 13 de Maio, um turco fanático quase matou Karol Wojtyla.
Infelizmente, mesmo entre os defensores da Sagrada Tradição, muito poucos concluíram então pela tese do castigo justíssimo infligido por Nosso Senhor Jesus Cristo ao Seu falso vigário modernista e apóstata, e ainda hoje muitos permanecem cegos para essa realidade.
Efectivamente, uma vez destruído o princípio fundamental do Catolicismo, como o fez, premeditadamente, o maldito concílio de Roncalli e Montini, destruído tal princípio, OS DIREITOS E O BEM ESTAR DOS SERES HUMANOS CONCRETAMENTE EXISTENTES SURGEM LÒGICAMENTE COMO MAIS IMPORTANTES DO QUE O QUE NÃO PODERÁ DEIXAR DE SER CONSIDERADO COMO UM DIREITO HIPOTÉTICO DUM SER HUMANO EM POTÊNCIA. Mais ainda, destruído o princípio fundamental do Catolicismo QUALQUER ASCESE, QUALQUER SACRIFÍCIO REALIZADO POR MOTIVOS NÃO TERRENOS, SURGE COMO INÚTIL E PERFEITAMENTE ESTÚPIDO. Tudo o resto é pura hipocrisia e jogo de aparências ditado igualmente por motivos económicos, como por exemplo o celibato.
É absolutamente evidente que para Bergoglio SÓ O HOMEM EXISTE, SÓ EXISTEM, E SÓ PODEM EXISTIR DANOS SOCIAIS.

A filosofia social de Bergoglio é a do UTILITARISMO de Jeremy Bentham (1748-1832): A MAIOR FELICIDADE (terrena, evidentemente) PARA O MAIOR NÚMERO. Para Bergoglio tudo o que não conduza ao bem estar terreno e natural da humanidade é que deverá ser considerado criminoso. Para Bergoglio HÁ LUGAR PARA TUDO, MENOS PARA A VERDADE E O BEM; BERGOGLIO É EM TODA A COMPREENSÃO DO TERMO – UM ATEU. Daí o ódio profundo, muito profundo, maior do que o dos seus predecessores, que Bergoglio nutre pela Sagrada Tradição – na realidade nem a quer denominar directamente
Os inquéritos de Bergoglio filiam-se imediatamente no seu ateísmo e no seu humanismo pornocrático de raiz marcusiana. Ele, Bergoglio, ele é que está obcecado pelo sexo, em todas as suas vertentes, incluindo a sodomia. Ensina-nos a Sacrossanta Fé Católica que por Deus Uno e Trino fomos criados, fomos elevados à Ordem Sobrenatural, fomos remidos, e a Ele devemos voltar na Eternidade. Veiculamos em nós, quer queiramos, quer não, a marca, o sinete, da contingência Metafísica, a qual aspira a Deus, busca a Deus, porque sòmente em Deus, mesmo na Ordem Natural, infinitamente mais na Ordem Sobrenatural, sòmente em Deus encontra a alma o seu fundamento absoluto, o seu eterno repouso beatífico. Mas se expulsa Deus do seu coração, nem por isso o homem deixa de ser um ente contingente, então lançar-se-á arrebatadamente sobre a criatura com toda aquela intensidade e dedicação que deveria consagrar a Deus, se as suas disposições fossem rectas, constitui isto a frustração existencial e metafísica do homem que se autoprivou da Caridade Divina, do homem que malbaratou o Dom infinito do Preciosíssimo Sangue de Nosso Senhor Jesus Cristo, do homem que desdenhou dos socorros e obséquios maternais super-eminentes da Bem-Aventurada sempre Virgem Maria, Mãe de Deus – TAL HOMEM É BERGOGLIO, CHEFE DO ATEISMO MODERNISTA, CHEFE DOS CARNALÕES E DOS SODOMITAS, USURPADOR DA CÁTEDRA DE SÃO PEDRO.
Certas almas interrogam-se sobre qual a razão por que Deus Nosso Senhor teria permitido as alarvidades pornográficas de Bergoglio, sempre dando como certo que nos encontramos sob um castigo extraordinário pré-escatológico? A resposta corporiza-se nas consequências de 55 anos de vacatura do Sólio Pontifício e de mais de 40 anos de privação do Santo Sacrifício da Missa, bem como dos Santos Sacramentos; a tudo isto há que acrescentar os pecados, o orgulho e as divisões suicidas dos tradicionalistas, e essencialmente: A RENDIÇÃO INCONDICIONAL DA FRATERNIDADE SACERDOTAL SÃO PIO X, EXTINTA COMO CORPO DE COMBATE DESDE HÁ CERCA DE VINTE ANOS.
BERGOGLIO CONSTITUI ASSIM MAIS UM CASTIGO: Castigo pelas traições de D. Fellay; pelo seu branqueamento obsceno da obra maldita do concílio; pela sua exautoração ignóbil do santo combate de Monsenhor Lefebvre; pela sua exculpação da natureza profundamente apóstata da Igreja conciliar; pelo clima de terror que tem feito desabar sobre os sacerdotes verdadeiramente católicos; pela atmosfera niilista de contradição da sua governança. Por tudo isto, de D. Fellay, bem se pode afirmar, O SEU DEMÉRITO REDUNDOU-NOS EM MAIS ESTE CASTIGO DO BERGOGLIO.
Todavia, assim queira Deus, possa esta obscenidade do Bergoglio suscitar nas almas ainda de boa fé, que sempre existem, na Igreja oficial ou na Fraternidade, possa concitar-lhes o fim definitivo das ilusões, que ainda vinculavam essas almas à autoridade conciliar, demonstrando como esta é intrìnsecamente perversa, MÁ, CONSTITUTIVA DE INFERNO, EM SI MESMA, E NAQUELES QUE A SEGUEM.

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

LISBOA, 6 DE NOVEMBRO DE 2013

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: