Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

2015 – FÁTIMA E OS NOVOS SINAIS NO BESTIÁRIO «APOCALÍPTICO»

xx FrancBama.jp

Arai Daniele

Na questão da recente abertura dos EUA à Cuba castrista temos os seguintes elementos:
Se o fechamento anterior era devido à necessidade de confinar um foco de infecção do comunismo intrinsecamente perverso, com o qual nenhum acordo é possível quando se entende defender a Civilização cristã ocidental, constata-se hoje que da parte de Cuba nada mudou, segundo as afirmações de Raul Castro, irmão e sucessor do ditador Fidel.

Esse foco de infecção não só continua ativo, mas demonstra ainda hoje amplamente seus efeitos.

De fato, na América Latina um comunismo cultural tem vingado em muitas partes. Basta citar a Venezuela, o Peru, o Equador, a Bolívia, o Brasil, a Argentina e lembrar todos os problemas havidos na América Central e no Chile, onde o presidente Allende suicidou-se com a metralhadora oferecida a ele por Fidel Castro.

E depois temos o Foro de São Paulo, do qual já se tratou (veja no blog), de alcance «religioso» com a «teologia da libertação». Ora tudo isto toca agora o Vaticano conciliar em cheio (veja), cujos chefes já há anos se aproximaram de Cuba e arredores ideológicos (veja Valadares).

Então a mudança para a esquerda operou-se deste oitro lado e foi uma vitória à qual contribuiu de modo decisivo a Cuba castrista!

Naturalmente foi uma vitória do comunismo e um claro regresso da Civilização Cristã e sua ordem como obstáculo à miséria e a tantos dissídios ideológicos e males morais.

Ora, a suma representação desses males está na manifestação anticrística das duas bestas apocalípticas na senda do «dragão demoníaco».

Não é possível desconhecer sua realização no comunismo soviético que contaminou o mundo seja em extensão como na profundidade de mal estar social sem precedentes e que continua com seus efeitos nefastos mesmo depois da débâcle fragorosa do império soviético.

Este era o maior agente dos «males espalhados pela Rússia» de que Nossa Senhora advertiu em Fátima, já desde a vigília da Revolução bolchevista.

Veja-se como tudo se liga no plano da Profecia de Fátima. E esta oferecia também aos chefes da Igreja o meio para sustar a mega infecção mundial. Mas não foi nem entendida nem, portanto atendida.

Eis que a continuação do que fora profetizado aconteceu na mesma Igreja: ali foi eleito papa um modernista filo-maçom, o que significou o abate temporâneo do Papado católico a favor do seu contrário descrito pelos Papas: da conciliação com o mundo e de sua libertação religiosa! (veja no blog os Papas Gregório XVI e Pio IX). Foi o Vaticano 2º!

Sinais do «bestiário apocalíptico» realizados no presente

«Vi, então, subir do mar uma Besta. Tinha sete cabeças e dez chifres. E sobre os chifres havia dez coroas, e nomes blasfemos sobre as cabeças. E a Besta que eu vi parecia uma pantera. As patas eram de urso e a boca de leão. O Dragão deu-lhe a sua sede e um grande poder. Uma das cabeças da Besta parecia ferida de morte, mas a ferida mortal foi curada. A terra inteira encheu-se de admiração e seguiu a Besta, e adorou o Dragão que deu poder à Besta. E adoraram a Besta, dizendo: “Quem é como a Besta? E quem pode lutar contra ela?” A Besta recebeu uma boca para proferir insolências e blasfêmias. E recebeu também poder para desencadear guerra durante quarenta e dois meses. Então a Besta abriu a boca em blasfêmias contra Deus, blasfemando contra o seu Nome e a sua morada santa e contra os que moram no Céu. Foi-lhe permitido guerrear aos santos e vencê-los. E foi-lhe dado poder sobre toda tribo, povo, língua e nação; então todos os habitantes da terra adoraram a Besta, cujos nomes não estão escritos no livro da vida do Cordeiro, que foi imolado, desde o princípio do mundo. Se alguém tem ouvidos, ouça: aquele que levar outros para o cativeiro, irá para o cativeiro; aquele que matar à espada, é pela espada que deve morrer. Aqui se fundamenta a perseverança e a fé dos santos.

O poder religioso ao serviço da ideologia de libertação atéia

«Depois disto, vi outra Besta sair da Terra. Tinha dois chifres semelhantes aos de um cordeiro, mas falava como o dragão. Esta segunda Besta exercia todo o poder da primeira Besta na sua presença. Ela faz com que a Terra e seus habitantes adorassem a primeira Besta, cuja ferida mortal tinha sido curada. A segunda Besta operou grandes prodígios: fez até descer fogo do Céu sobre a Terra, à vista dos homens. Por causa do poder desses prodígios, que se lhe permitiram fazer diante da primeira Besta, a segunda Besta, seduziu os habitantes da Terra a fazer uma imagem da Besta que tinha sido ferida pela espada, mas que voltou à vida. Foi-lhe permitido até mesmo infundir espírito na imagem da primeira Besta, de modo que esta pudesse falar e fazer com que morressem todos os que não adorassem a imagem da primeira Besta. A segunda Besta faz também com que todos, pequenos e grandes, ricos e pobres, livres e escravos, recebam uma marca na mão direita ou na fronte. E que ninguém possa comprar nem vender se não tiver a marca, o nome da Besta ou o número do seu nome. Aqui está a sabedoria: com inteligência calcule o número da Besta; é um número de homem; o número é seiscentos e sessenta e seis.» (Ap 13, 1-18)

Atualidade no mundo: a Profecia de Fátima desprezada

Inúmeras são as interpretações católicas, mesmo de santos e teólogos sobre essa passagem apocalíptica da história do mundo diante de Deus.

A parte tudo o que se disse de sábio a respeito e que serve para diversos tempos históricos, aqui nos interessa aplicá-lo ao que os autores passados não poderiam fazer, isto é aplicá-lo ao tempo que vivemos, o qual só podia ser previsto vagamente no passado.

Por exemplo, qual Autor de exegese bíblica falou da era de um domínio do ateísmo obrigatório contra a Religião; ou do aborto legalizado em grande parte da terra; ou de países que adotam a eutanásia infantil, etc.?

Como já vimos, no Magistério há menção da abertura à liberdade religiosa ligada ao livro do Apocalipse. Trata-se do Papa Gregório XVI, na abertura do poço do abismo (veja no blog). Mas, e sobre quem recebe a chave e abre esse poço infernal o que há?

É aqui que a Profecia de Fátima nos foi dada, não para revelar o fato histórico já previsto na Revelação apocalíptica, mas para situá-lo no tempo, para avisar esta geração desvairada.

De fato, a que serviria toda a boa interpretação das profecias que constam nas Sagradas Escrituras se não pudéssemos reconhecer e enfrentar suas conseqüências na vida da Igreja?

É claro que isto ocorre de modo velado – como é dito ali – “se alguém tem ouvidos (na Fé), para ouvir, ouça; se tiver olhos (na Fé) para ver: veja! E assim chegamos à Profecia de Nossa Senhora de Fátima, enviada por Deus para ajudar desarvorados fiéis numa era de grandes dúvidas na ordem civil como religiosa.

Quem pode porém duvidar desses avisos sobre guerras e revoluções já ocorridas e sobre a morte virtual do Papa com todo o seu séquito católico, mais clara desde os anos apenas precedentes a 1960?

Ficamos de verificar como pode um poder, reconhecido pelos exegetas como sendo de ordem «religioso», pois dispõe de dois chifres semelhantes aos de um cordeiro; ou seja os dois «cornos» da mitra pastoral, assumir uma autoridade religiosa se a verdadeira, o «obstáculo» (katéchon) à manifestação do Anticristo não for «tirada do meio»com todo o seu séquito católico? (v. II Ts 2)

Não é esse o momento revelado no Terceiro Segredo de Fátima, mais claro justamente em 1960, quando a Autoridade católica perecia entregue a João 23 o «papa modernista e filo-mação» e depois a seus sucessores conciliares, que seguiam as mesmas aberturas das sua «Pacem in terris»? Como reconhecê-los à luz do Apocalipse?

Aqui temos pois um fato atualíssimo a ser esclarecido:

– temos de um lado o ímpio poder comunista, que impôs o ateísmo, um regime blasfemo na Rússia e espalhou seu império na Europa, na América Latina e no mundo. Sua clara condenação e impossível colaboração com ele está no Magistério papal, sendo que seus males universais também foram profetizados em Fátima, – Mensagem divina para o nosso tempo, como um flagelo: é uma verdadeira Besta do mar!

E este continua representado ativamente no regime castrista de Cuba. Dai que qualquer colaboração com este é trair a Fé, pondo um “poder religioso ao serviço da ideologia de libertação atéia”. Tudo no maior desprezo pelo Magistério e pela Mensagem de Fátima.

Este sinal do favorecimento da Besta da Terra à Besta do Mar, ferida pela queda e ruína do comunismo em toda a terra, está diante de nossos olhos já desde a morte de Pio XII.

Veja-se o que representou o tempo de João 23 ao de Paulo 6º, com suas encíclicas e convites de conciliação com o comunismo.

Veja-se a obra de João Paulo 2º para justificar e reciclar a perestroika do regime comunista de Gorbachev como “início da conversão do império soviético à paz”!

Assim em 1988, João Paulo 2º, que opera para “realizar a Igreja como sacramento da unidade sinfônica das múltiplas formas de uma só plenitude”, convida à grande comunhão universal de todas as religiões e crenças…  e excomunga dois Bispos com os seus seguidores que ainda o reconheciam como papa. Era o cisma da perestroika conciliar.

Nesse mesmo dia João Paulo recebe no Vaticano um grupo de jornalistas soviéticos, a quem diz: “Certamente há um clima de perestroika que seguimos com interesse. Esta democratização, esta maior participação dos cidadãos na vida política e social, não só satisfaz as expectativas do Ocidente… como corresponde também à doutrina social da Igreja.”

Ora, o líder soviético Gorbachev, pai da atual perestroika, declara: “A nossa inspiração vem de Lênin. São as idéias de Lênin que alimentam a nossa filosofia das relações internacionais e o novo modo de pensar.”

Dizer pois que João Paulo ajudou a derrubar o comunismo é uma tolice histórica. Ele ajudou a reciclá-lo disfarçado numa veste menos hostil. Mas o que têm a ver as trevas comunistas com a luz cristã? Cristo com o Dragão Belial e suas Bestas a serviço do Anricristo?

Será que alguém pode crer que na nova dialética desta perestroika leninista reside a conversão da Rússia para a qual Nossa Senhora pediu a consagração a Seu Imaculado Coração? Na linha enganosa do Vaticano 2º, depois da abertura ao protestantismo, à maçonaria, ao judaísmo, à democratização da religião, agora querem impingir aos fiéis também as idéias do sanguinário Lênin recicladas com doutrina social da Igreja? (ver «Entre Fátima e o Abismo» na sua conclusão (pp. 206-207).

Mas agora temos mais. Temos Bergoglio que, além de favorecer os teólogos da libertação (veja no blog), opera para que todos aceitem Cuba como ela é e nisto alinhou-se ao aberturismo socializante de Obama.

São fatos abissais que, para quem ainda tem a graça de ter os olhos limpos pelo colírio da fé e vê, é dever testemunhar. Trata-se da honrar a Profecia para nossos tempos, que recebeu o selo inestimável da vontade de Deus, e no entanto foi desprezada.

Assim, o colosso revolucionário com seus asseclas ocupou a Igreja e pontifica erros por toda a Terra, seduzindo com uma solidariedade pacifista, sincretista, em uma palavra a abominação «ecumenista», que é ofensiva à Fé legada no Sangue divino de Jesus Cristo Senhor.

Todavia, apesar de todas as traições clericais, nosso Redentor colocou em Fátima a pedrinha predita pelo profeta Daniel, que sem o concurso de mãos humanas derribará o leviatã infernal.

Isto, porém, não dispensa os católicos de testemunhar a verdade sobre este momento tenebroso na vida de nossa Santa Madre Igreja, vítima das mais obscuras perseguições das bestas apocalípticas infiltradas no Lugar Santo do Cordeiro de Deus.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: