Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

A SANTA MADRE IGREJA POSSUI RESPOSTA PARA TODAS AS INTERROGAÇÕES HUMANAS

Fátima multidão

 Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral

Escutemos o Papa Pio XI, em excertos da sua encíclica “Divini Illius Magistri”, promulgada em 31 de Dezembro de 1929:

«Por consequência, o verdadeiro cristão, em vez de renunciar às obras da vida terrena, ou diminuir as suas faculdades naturais, antes as desenvolve e aperfeiçoa, coordenando-as com a vida Sobrenatural, de modo a enobrecer a mesma vida natural, e a procurar-lhe utilidade mais eficaz, não só de ordem espiritual e eterna, mas também temporal e material. Isto é provado por toda a História do Cristianismo e das suas instituições, a qual se identifica com a História da verdadeira civilização e do genuíno progresso até aos nossos dias; e particularmente pelos santos de que é fecundíssima a Igreja, e só ela, os quais conseguiram em grau perfeitíssimo o fim ou escopo da educação cristã, e enobreceram e elevaram a convivência humana em toda a espécie de bens. De facto, os santos foram, são e serão, sempre, os maiores benfeitores da sociedade humana, como também os modelos mais perfeitos em todas as classes e profissões, em todos os estados e condições de vida, desde o camponês simples e rude, até ao sábio e letrado; desde o humilde artista, até ao oficial do exército; desde o particular pai de família, até ao monarca, chefe de povos e nações, desde as simples jovens e esposas do lar doméstico, até às rainhas e imperatrizes. E que dizer da imensa obra, mesmo em prol da felicidade temporal, dos missionários evangélicos, que juntamente com a Luz da sua Fé, levaram e levam aos povos bárbaros os bens da civilização, dos fundadores de muitas e variadas obras de caridade e de assistência social, da interminável série de santos educadores e aantas educadoras que multiplicaram a sua obra, nas suas fecundas instituições de educação cristã, para auxílio das famílias e benefício inapreciável das nações?
São estes os frutos benéficos, sob todos os aspectos, da educação cristã, PRECISAMENTE PELA VIDA E VIRTUDE SOBRENATURAL DE NOSSO SENHOR JESUS CRISTO, QUE ELA DESENVOLVE E FORMA NO HOMEM. pois que Jesus Cristo, Nosso Senhor, Mestre Divino, é igualmente fonte e doador de tal vida e virtude, e ao mesmo tempo, modelo universal e acessível a todas as condições do Género Humano, com O Seu exemplo, particularmente à juventude, no período da Sua vida oculta, laboriosa, obediente, aureolada de todas as virtudes, individuais, domésticas e sociais, diante de Deus e dos homens».

Um dos fundamentos constitutivos da Santa Madre Igreja é o ser ela uma SOCIEDADE PERFEITA; na exacta medida em que prossegue eficazmente todas as superiores finalidades humanas; possuindo por Direito Divino os meios para tal adequados. Mas prosseguirá também finalidades temporais e terrenas? A Finalidade da Santa Igreja é essencialmente Sobrenatural: A Glória de Deus e a Salvação das almas; contudo detém, por Direito Divino, todas as prerrogativas de poder temporal necessárias ao pleno cumprimento da sua Divina Missão.
Todavia, não pertence à Santa Igreja o desvendar a natureza íntima, científica, das coisas visíveis, EXCEPTO NAS QUE POSSUEM RELAÇÃO DIRECTA OU INDIRECTA COM O DOGMA CATÓLICO; TODAVIA, MESMO NESTE CASO, A SOLUÇÃO INFALÍVEL APRESENTADA PELA IGREJA, NÃO É CIENTÍFICA – MAS ONTOLÓGICA E RELIGIOSA. Tais são as denominadas conclusões teológicas, isto é, deduções efectuadas a partir de duas premissas, uma procedente da Revelação Sobrenatural e outra haurida da experiência natural. Por exemplo: a separabilidade da substância e dos acidentes na matéria; As leis da Providência aplicadas à definição da condição humana; o conceito aprofundado de milagre; a não existência de vida inteligente no Universo, para além daquela que foi revelada – Anjos e Homens; A Finitude ontológica e cosmológica do espaço e do tempo, criados por Deus.
Cumpre assinalar, que as Virtudes Teologais, as Virtudes Morais, a Graça Santificante, em síntese, o nosso organismo Sobrenatural, merecido por Nosso Senhor Jesus Cristo na Cruz, ilustra extrìnsecamente a nossa inteligência natural, qualificando-a para altos voos. Tal constitui a explicação profunda para a esplêndida fecundidade filosófica da Santa Madre Igreja, aliás integrante da sua própria infalibilidade, pois quem é Depositária da Ordem Sobrenatural, necessàriamente, tem que possuir a capacidade de facultar – tanto quanto é possível a uma inteligência contingente – a evidência extrínseca, filosófica, dos Sacrossantos Mistérios Revelados, O QUE EM NADA DIMINUI A DENSIDADE SOBRENATURAL DO MISTÉRIO.
Em virtude de todas estas realidades, a Santa Igreja sempre se considerou MÃE E MESTRA DA VERDADE, DE TODA A VERDADE.
Todo o Magistério multissecular da Santa Igreja sempre se apresentou com as notas de simplicidade, de clareza, e de sobrenaturalidade. A simplicidade do Magistério só pode promanar da Simplicidade Divina, da Pureza Divina, da Santidade Divina. O Mistério da Asseidade Divina; O Mistério da Santíssima Trindade, o Mistério da Encarnação, são INFINITAMENTE SIMPLES, mas por isso mesmo excedem, essencialmente, as capacidades da inteligência criada, incluindo a dos santos Anjos. Mesmo estes, embora sejam entes muito mais simples do que os homens, encerram a composição metafísica de essência-existência, e uma composição ontológica muito elementar de potência-acto // substância-acidente; porque o ser composto de partes, não é, em si mesmo, perfeição, mas imperfeição.
A clareza implica que o Magistério da Igreja, se não confunde, nem pode confundir, com nenhuma outra realidade, qualquer que ela seja, precisamente PORQUE NÃO É, ESSENCIALMENTE, DESTE MUNDO; tem os pés assentes na Terra, sem dúvida, mas ensina-nos A GLÓRIA DE DEUS, E O CAMINHO PARA O CÉU. Exactamente também por isso, é um Magistério SOBRENATURAL, porque transmite, explicita, defende e propaga, a Revelação Sobrenatural, bem como todas as realidades naturais indissociáveis e consectárias dessa mesma Revelação.
As verdadeiras interrogações humanas só podem filiar-se no mistério da nossa origem e do nosso fim. Todas as outras questões, aliás legítimas, concernentes às ciências físicas, biológicas e humanas, em derradeira análise, NÃO SACIAM A INTELIGÊNCIA, NEM CONSOLAM, NEM AQUIETAM, A VONTADE; exactamente porque permanecem no reino dos fenómenos contingentes; ora nenhuma inteligência finita, nem a do Anjo, pode exaurir a complexidade do real; pode progredir no seu conhecimento, mas como não possui a chave das essências, a opacidade do real nunca se desvanece inteiramente. Mais complexas ainda são as ciências médicas: Embora o real criado seja intrìnsecamente finito, os elementos que o compõem são em número tão elevado ( falta de simplicidade) e as possibilidades de combinação e agregação desses elementos em cada indivíduo, tão vastas; que a medicina é a ciência que progride mais lentamente e com mais dificuldade; Mas também aqui, é metafísica e transcendentalmente impossível eliminar a opacidade, e por assim dizer – saber tudo. Todavia, a miséria moral da Humanidade encarna sobretudo nas denominadas ciências humanas; é que nas ciências positivas, A INTELIGÊNCIA HUMANA, QUER QUEIRA, QUER NÃO, É MEDIDA PELA REALIDADE; AO PASSO QUE NAS CIÊNCIAS HUMANAS, O HOMEM INTRODUZ NECESSÀRIAMENTE, O SEU PRÓPRIO ACTO DE SER, NO QUE TEM DE MAIS PROFUNDO, SOBRETUDO NA FILOSOFIA. Por isso mesmo os “Preambula Fidei” são “Ex ratione, cum voluntate”, isto é, só medem as inteligências possuidoras de determinadas disposições no exercício do seu acto de ser.
Deus, como realidade concreta, mas essencialmente meta-empírica, na Ordem Natural, e na Ordem Sobrenatural, não pode medir a inteligência humana da mesma forma que a realidade positiva; caso contrário, qual seria o nosso mérito? No Anjo, a sua perfeição ontológica, a sua simplicidade, na Ordem Natural, reflecte a imagem de Deus, intuitivamente, necessàriamente, através da luz da própria essência angélica.
É conhecido, como, em geral, as disposições dos homens são moralmente más; assim, a política, a filosofia, a História, a psicologia, a sociologia, são inquinadas, e a tal ponto, que nos últimos três séculos, tais disciplinas, em si mesmas sérias, se volveram armas de satanás, enquanto inimigo de Deus e do Homem. E o maldito concílio anti-Cristo ordenou que estas mesmas disciplinas, já envenenadas, fossem INTRODUZIDAS NOS CLAUSTROS, PRECISAMENTE PARA QUE, AO CONTRÁRIO DO QUE SUCEDEU NO SÉCULO XIX, OS MONGES ABANDONASSEM O CLAUSTRO PELO SEU PRÓPRIO PÉ, SEM QUE A MAÇONARIA TIVESSE NECESSIDADE DE OS EXPULSAR.
Neste quadro conceptual, e na exacta medida em que sòmente a Santa Igreja Católica encarna a Verdade e a Santidade de Deus – só ela possui também, consequentemente, toda a verdade sobre o Homem, com todas as realidades que lhe são conexas, incluindo as temporais. Não compete à Santa Madre Igreja dirimir, intrìnsecamente, um problema científico ou técnico, que nada tenha a ver com o Dogma; já que, extrìnsecamente, todos, ou quase todos, se relacionam, directa ou indirectamente, com a Moral. TODAVIA, NÃO EXISTE QUESTÃO ALGUMA, MESMO TEMPORAL, MESMO TERRENA, QUE SENDO ATINENTE À ORIGEM E AOS FINS DO HOMEM, NÃO ENCONTRE NA SANTA MADRE IGREJA RESPOSTA, SIMPLES, CLARA, SOBRENATURAL, E ABSOLUTAMENTE INFALÍVEL, POIS QUE É UMA RESPOSTA QUE BROTA DA BOCA SANTÍSSIMA DO PRÓPRIO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO.
Possuindo a falsa Igreja conciliar, a seita anti-Cristo, a palavra de satanás, a resposta de satanás para todos os problemas do homem, é por demais evidente, que é semeando o máximo de confusão, o máximo de relativismo, o máximo de insegurança, o máximo de calúnia e perseguição contra os verdadeiros católicos, que o são por Graça de Deus, é, em síntese, desfigurando ao máximo o rosto de Nosso Senhor, COM O BEIJO DO JUDAS DEICIDA; é assim mesmo que a seita conciliar age – À TRAIÇÃO!
NUNCA OLVIDEMOS QUE QUANDO A SEITA CONCILIAR PROCLAMA MATERIALMENTE O BEM – É SÓ PARA FAZER PASSAR O MAL.
Tudo o que esta seita maldita ensina é sempre, sempre, para nos enlamear com a peste do erro e do crime, Teológico, Filosófico e Moral.
Mas a Sabedoria da Santa Madre Igreja, que é a Sabedoria do Verbo Encarnado, permanece, oculta, mas permanece.
As maravilhas Sobrenaturais do Coração Soberano de Jesus, as suavidades maternais do Coração de Maria, as orações de São José, e de todos os santos, encerram todos os inauferíveis tesouros de Eternidade, cujas riquezas ultrapassam e ilustram, infinitamente, todas as nossas dúvidas, todas as interrogações deste pobre mundo, todas as perplexidades deste vale de lágrimas.
Assim o queira Deus.

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Lisboa, 4 de Fevereiro de 2015

Uma resposta para “A SANTA MADRE IGREJA POSSUI RESPOSTA PARA TODAS AS INTERROGAÇÕES HUMANAS

  1. jacob fevereiro 7, 2015 às 12:34 pm

    Já há algum tempo que venho pensando numa questão relacionada ao assunto abordado aqui.

    Se cada ciência que existe, existe tão somente como resposta a um determinado tipo de problema que se nos apresenta, seria mero “acaso” que as ciências ditas “humanas” – psicologia, sociologia, etc – tiveram seu florescimento justamente no período da história em que o homem resolveu livrar-se de Deus, e tendo por expoentes justamente homens que de católicos tinham pouco ou nada? Admito que meu conhecimento da história da ciência é precário, mas pelo pouco que sei, não me recordo de homens da Igreja que tenham tido destaque no desenvolvimento dessas ciências.

    Logo cheguei à conclusão negativa: não é mero acaso que essas ciências tenham florescido justamente nesse período e tenham tido como expoentes homens afastados da Igreja.

    Quanto mais o homem se aproxima de Deus, através do ensinamento da Igreja, menos “problemas” se lhe apresentam. As coisas parecem cada vez mais simples, óbvias, “naturais”. Já quando se afasta de Deus, perde o norte, e tudo passa a ser “problema” – e cada um desses problemas necessita de uma ciência para ser resolvido. Daí viria a miríade de especialidades científicas que vemos na modernidade, cada qual com várias vertentes de pensamento. Tal abundância de ciências e correntes de pensamento filosófico, ao invés de atestar o progresso do conhecimento da sociedade materialista, atestaria seu esfarelamento, sua falta de coerência.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: