Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

LIBELO CONTRA OS INIMIGOS DE FÁTIMA PERJUROS DA CRISTANDADE

Roncalli-Montini

 

 

Arai Daniele

Pode haver inimigos jurados da Cristandade e de Fátima dentro da Igreja? Ouçamos o Papa Pio IX, que já na época do Concílio Vaticano, avisava do grande perigo – (27/11/1871):

“Hoje não é mais com a heresia, não é mais com o martírio de sangue que se depara a Igreja para combate-la, mas é, direi assim, o martírio intelectual e moral. Hoje não se faz mais a guerra a uma parte da Igreja, a um aspeto da sua fé, a algum de seus dogmas. Hoje se faz guerra à Igreja inteira. Hoje está contra a Igreja a incredulidade, o ateísmo, o materialismo. Hoje não há que lutar mais com heresias que não existem, ou que não têm nenhuma importância; mas com a indiferença, com a impiedade, que visa arrancar do coração de todo Católico a fé; visa arruinar desde os fundamentos a Igreja de Jesus Cristo, e esta Cidade, tornada preciosa pelo sangue de tantos Mártires, a cair de novo nos miasmas da antiga corrupção, reduzindo-a como sob os Neros, ou melhor como sob Julianos Apóstatas. Para que enfim, a sede venerada da verdade, Roma, tornar-se-ia enfim outra vez, centro de todos os erros. Mas não conseguirão isto, pois Deus defende a sua Igreja.

“Portae inferi non praevalebunt. Uni-vos cada vez mais, meus filhos: nem vos deixeis enganar momento nenhum por vozes mentirosas de uma impossível conciliação. É inútil falar de conciliação, pois que a Igreja não se poderá jamais conciliar com o erro, e o Papa não se pode separar da Igreja”.

A inconciliabilidade da Igreja com o mundo moderno que a condiciona é questão de fé. Tal conciliação foi condenada no Syllabus. Todavia, ela foi promovida e atuada pelo Vaticano 2, que durante os últimos mais de 50 anos a alarga para detrimento da Cristandade e do mundo.

Assim é que a decadência do mundo contemporâneo tornou-se geral e profunda; atinge todos os campos a todos os níveis: da família ao estado, da justiça à política. Onde não há guerras iníquas há violência e corrupção infrene. Convive-se com a imoralidade e o delito. Nunca a autoridade foi tão necessária; nunca tão ausente. Jamais houve controles tão potentes, jamais tal desgoverno. No plano dos fatos a tentação moderna a substituir a ordem natural por uma nova ordem redunda num descalabro: não há mais como recorrer a poderes humanos para conter desordens nacionais e massacres internacionais. Negada a origem divina da ordem e da autoridade, a humanidade não è mais livre, mas degradou-se.

– Quando não há Deus e o Cristianismo é perseguido, tudo é permitido – Fica esquecida a relação vital de causa-efeito entre a fé em Deus e a desordem social; o fato que o bem do ser humano e de sua sociedade é ligado à sua razão de ser, ao seu princípio e fim. Como poderíamos conhecer o nosso bem durável, desconhecendo o nosso fim último? E como poderia o bem da sociedade humana ser alheio ao fim último de seus membros?

Ao ignorar pois a existência da Verdade absoluta, o Princípio de todo bem, o homem priva-se do essencial para a distinção entre o bem e o mal, e torna mendaz sua deteção do mal que, como uma infeção na vida social, alastra-se causando crises morais e mentais que degeneram numa desordem universal de desfecho letal para a sociedade.

O campo dessa guerra invisível é a consciência

A verdade e os princípios se perdem, antes de tudo, nas consciências. A partir da sua consciência o ser humano pode seguir direções opostas: a direcção da ordem revelada, ou de uma liberdade desvinculada do Bem. Mas este livre arbítrio humano, tem um vínculo crucial na mesma consciência, visto que não há quem ignore que à própria liberdade não corresponde um proporcional conhecimento. E isto significa o risco da liberdade de fazer aquilo de que não se conhecem as últimas consequências. Por isto, o homem, criado livre, precisou desde o início ter uma norma indubitável gravada na consciência. Esta deve vincular a sua liberdade, como se entende desde o livro da Génesis (2, 15-17). A rebelião pessoal, que ao longo da História foi organizando-se em revoluções, almejava uma ilimitada liberdade de consciência, um livre exame do que fora revelado, em breve um direito à liberdade maior: de religião.

A Cristandade católica, que defendeu por vinte séculos o primado da consciência espiritual formada pela Igreja de Jesus Cristo, sobreviveu a todo ataque, mesmo às brutais revoluções francesa e russa. Todavia, foi aluída nos nossos dias pela sedição que reservara para o fim seu aguilhão mais mortal: um aggiornamento clerical. Isto foi possível porque uma hierarquia, cujo dever precípuo devia ser preservar a Fé e defender a Cidade cristã, estava infiltrada pelos que almejam animar utopias modernistas, associadas às ideologias de poderes terrenos segundo a palavra de ordem da conciliação com o mundo.

Com a escala do poder no Vaticano do modernista e filo mação João 23, o direito à liberdade de consciência e de religião seria em seguida proclamado e promovido pelo Vaticano 2 que convocou.  Desde então, avança o processo de inversão dos valores sociais e a descristianização do mundo, que encontram o seu lógico desenlace num próspero satanismo. A Revolução, tendo concretizado o seu plano de demolição da Cristandade, substitui os métodos violentos por sistemas culturais que apartaram o pensamento da moral.

Foi assim que espírito revolucionário, inclusive o do modernismo, que os Papas condenaram como perversos, porque, em todas as suas variações, se opõem à verdade e ao bem da humanidade, predominou. A abissal inimizade entre tal espírito e o catolicismo, é descrita pelo Papa Pio XII (Disc. à ACI, 12/10/52): “Ele encontra-se em toda parte e no meio de todos; sabe ser violento e sub-reptício. Nestes últimos séculos tentou operar a desagregação intelectual, moral e social da unidade no organismo misterioso de Cristo. Quis a natureza sem a graça; a razão sem a fé; a liberdade sem a autoridade; por vezes a autoridade sem a liberdade. É um ‘inimigo’ que tornou-se cada vez mais concreto, com uma falta de escrúpulos que deixa ainda atônitos: Cristo sim, a Igreja não. Depois: Deus sim, Cristo não. Finalmente o grito ímpio: Deus morreu; aliás: Deus nunca existiu. Eis a tentativa de edificar a estrutura do mundo sobre bases que Nós não hesitamos em apontar como as principais responsáveis pela ameaça que pende sobre a humanidade: uma economia sem Deus, um direito sem Deus, uma política sem Deus. O ‘inimigo’ empenhou-se e empenha-se para que Cristo seja um estranho nas universidades, nas escolas, nas famílias, na administração da justiça, nas atividades legislativas, no consenso das nações, onde determina-se a paz ou a guerra. Ele está corrompendo o mundo com uma imprensa e com espetáculos, que eliminou o pudor nos jovens e destroem o amor entre os esposos; inculca um nacionalismo que só pode conduzir à guerra”.

Pio XII via então, este processo tão avançado ao ponto de considerar inútil “ir ao seu encontro para bloqueá-lo e impedi-lo de semear a ruína e a morte”. Considerava mais urgente “vigiar, orar e operar, para que o lobo não penetrasse no redil para capturar e dispersar a rebanho”.

Depois de sua morte, porém, tal espírito, que é a Revolução de sempre em veste modernista, escancarou as portas do Vaticano. Este espírito de abertura para o mundo é reconhecível nos conciliares. Como? Porque estes, ao contrário dos Papas, dizem que o processo revolucionário, civil e religioso, é animado por um espírito generoso que prepara a fraternidade universal.

Trata-se da inversão completa da Religião de Deus Pai, Filho e Espírito Santo, da Fé Trinitária da qual procedem a fraternidade e a unidade. Quem nega esta Fé nega que a fraternidade comum proceda do Pai de Nosso Senhor Jesus Cristo, do qual, toda a paternidade nos céus e na terra toma nome (Ef 3,14-15); pensa que uma união humana pode determiná-la; professa uma fé imanente noutra fraternidade; de qual outro pai?

O período em torno a 1960 é uma referência histórica para a consciência no mundo moderno: houve então a mais radical revolução, que, alterando a religiosidade humana, iria envolver de modo insensível todas as sociedades. Poderia isto ser alheio à Mensagem de Fátima, cujo terceiro segredo, publicado em 2000 revela a «eliminação virtual» do Papado católico, que seria mais claro justamente então? Não avisava este do evento sem precedentes históricos, que, sucessivo às duas Guerras mundiais, seria ainda mais avassalador que a Revolução russa? O que senão uma revolução universal de inspiração e origens ocultas e de proporções e efeitos desconhecidos? Sintomaticamente a Mensagem divina que falava de tais erros foi censurada por clérigos, inimigos de Fátima,  que preferiam seguir uma «outra voz».

Disse Jesus (Jo 5, 43): «Eu vim em nome de meu Pai, e vós não me recebeis; quando vier outro em seu próprio nome recebê-lo-eis. Como podeis crer vós que recebeis a glória uns dos outros, e não buscais a glória que só de Deus vem?». Devemos pois reconhecer a voz deste «outro».

Veremos que a operação deste «outro» visa alterar a ideia de Deus nas consciências pelo ateísmo, agnosticismo e o ecumenismo que torna todas as religiões equivalentes, e passa à fase sucessiva da negação de Deus pela substituição do Cristianismo com a ideia de uma religião universal que revelará como Deus deve ser, para o bem e a paz de todos, para a liberdade e a dignidade do homem na nova ordem da humanidade divinizada.

Paulo 6 encerrando o Vaticano 2 (7.12.65) revela amor por este outro culto: “O humanismo laico e profano apareceu, em toda a sua estatura, e desafiou o concílio para a luta. A religião, que é o culto de Deus feito homem, e a religião – porque o é – que é o culto do homem que quer ser Deus, encontraram-se. Que aconteceu? Luta, anátema? Poderia ter-se dado, mas não se deu. A antiga história do bom samaritano foi de exemplo e norma para o concílio. E um imenso amor pelos homens o penetrou. A descoberta das necessidades humanas… absorveram toda a sua atenção. Vós humanistas do nosso tempo, que negais as verdades transcendentais, dai a concílio ao menos este louvor e reconhecei este novo humanismo: também nós – nós mais do que ninguém – somos cultores do homem.”

Os ideólogos dessa nova ordem na esfera religiosa ignoravam porém seu efeito boomerang. O que ela acarretou para a sociedade foi qualquer coisa de devastador também no plano moral e mental. Os anos sessenta, com a contestação social e estudantil e na onda da campanha de desprezo pelos princípios cristãos, gerou uma alienação entre a vida civil e a vida espiritual, entre o pensamento e a verdade, entre o homem e Deus. Os erros da revolução levaram o homem a alienar, com as verdades existenciais e o culto a Deus, sua própria alma.

Destes erros e de suas consequências terríveis trata a Profecia de Fátima, que não foi acolhida, embora indicasse  a hora dessa débacle consequente à «eliminação virtual» do Papado, que seria substituído pelo «outro» que se podia esperar para o fim dos tempos cristãos. A este ponto é preciso reconhecer a situação presente da Igreja e da Cristandade para reagir.

– O «aggiornamento» planejado para «a consciência da Igreja» è de cunho modernista e filo maçônico, produto do Vaticano 2, segundo uma outra doutrina em rutura com a anterior, fundada na Tradição. Esta «outra doutrina» demonstra-se parte do processo único atuado com conciliações públicas – sem precedentes – com declarados inimigos da Igreja e da Fé. Este foi iniciado por João 23 e continuado por todos os seus sucessores até o atual Jorge Bergoglio;

– Este processo, mesmo se revela ser um plano elaborado desde há tempo e por outras mentes, só podia ser operado por um clérigo imbuído dessas ideias alheias ao Catolicismo que chegasse a ocupar a Sede da Autoridade católica, como foi João 23. Portanto, o evento que o levou a obter esse poder, assinala o momento em que a execução de tal processo passou da  condição potencial à seguinte operativa. Este evento foi o conclave que elegeu João 23 papa.

– Eis então que a convocação do Vaticano 2 e os acordos relativos com o B’nai Brith, com o Kremlin comunista, com os Protestantes e os outros para as alterações litúrgicas, que prosseguiram até o presente, sem solução de continuidade, iniciados com João 23, são pois consequência de sua eleição papal. Trata-se da revolução formada com intenções únicas de alcance liberal, modernista, ecumenista e abertas a uma nova ordem global. Seu aspeto religioso parte do momento em que passou a representar, aos olhos do mondo, a «autoridade católica» na pessoa de João 23 e sucessores.

– O 1º conclave dessas eleições, deve portanto ser reconhecido como causa do que seguiu nestes mais de 50 anos. E visto que sem remontar à causa de um processo, não é possível corrigir a situação que ele criou, é preciso saber que ao engano desse conclave seguiu o efeito nefasto que foi a alteração da Autoridade. Foi assim que o mundo passou a viver no engano inaudito do vazio religioso de um simulacro de autoridade divina à testa da Igreja Católica.

–  Só é possível sanar essa abominação da desolação que altera a vida de todos os povos, denunciando a origem religiosa de tal processo, iniciado no conclave papal que elevou na Sede de Pedro um apóstata para alterar sua missão. Assim essa Sede aparece ocupada desde então diante do mundo, enquanto está de fato vacante de uma autoridade católica.

Breve conclusão: – Muitos são os católicos que reconhecem os desvios dos «papas conciliares», mas sobre o primeiro deles, João 23, que abriu a Igreja a seus inimigos e convocou o Vaticano 2, iniciando o pérfido processo de alteração da Igreja de Deus, paira um pesado tabu que não se ousa enfrentar. Assim se reforça o espírito do mal que sobre este personagem apoia sua força, ao ponto de obter sua elevação aos altares como santo para a nossa nova era «conciliar». Esta é portadora de todos os erros e enganos que a Mãe de Deus veio lembrar em Fátima, e que provêm do «outro», contra o qual nos preveniu Nosso Salvador.

Que Deus tenha piedade e nos socorra neste testemunho que parece impossível hoje, mas é imprescindível para o triunfo da Verdade e a honra da Santa Igreja.

Uma resposta para “LIBELO CONTRA OS INIMIGOS DE FÁTIMA PERJUROS DA CRISTANDADE

  1. don germoglio abril 9, 2016 às 12:29 pm

    Lodati e ringraziati siano i Sacratissimi Cuori di Gesù, Maria e Giuseppe!
    1) http://www.agerecontra.it/public/press40/?p=22443#more-22443

    2) http://www.agerecontra.it/public/press40/?p=22414#more-22414

    Onorevole Arai Daniele,
    ho scelto di scriverVi in questo modo perchè non ho trovato un’indirizzo mail a Lei intestato.
    Lo faccio di colpo, poichè i tempi sono ormai brevi e dobbiamo impegnare più tempo per la Preghiera, l’Adorazione, l’Espiazione-Riparazione-Consolazione-Radrizamento, in una semplice parola: VERA SANTIFICAZIONE CATTOLICA!
    Lego da tempo i Suoi articoli su AgereContra.it e da poco su questo blog. Posso ormai affermare che siete sulla strada della Retta e Vera Cattolicità anche s’e bisogno chiarire sullla Sede Vacante, poichè ci OBBLIGANO CON LA LORO PERFIDIA ED ASTUZIA BIZZANTINO-PROTESTANTE DI ACCETARLO SOLO PARZIALMENTE, POICHè LORO METTONO ACCENTO SU QUELL’INTERPRETAZIONE “AMMINISTRATIVA” (episcopoi – aministratori della chiesa e dei suoi beni)) DEL SOMMO SACERDOZIO CHE NE è L’EPISCOPATO ED IL MAGISTERO. Ci impongono una così detta “necessaria” separazione tra sacro e profano nel pergrinarsi della Chiesa nella storia (bisognia, mangiare, no? bisogna ripararsi dalle intemperie, no? e tutto questo nel socializzare con il mondo…), tra SACRAMENTALE e materiale stato dei fedeli e della fede (i sacramenti necessitano la meteria che si ottiene … e per questo dobbiamo fare compromessi, sa …ecc.). Ma Cristo non fa questo; Cristo non benedice questo che infatti è un credo falso; un tipo di credo nel Credo che genera una chiesa(o antichiesa) nella Chiesa!!! Cristo stesso ci avverte che la materia di questo mondo passa: “I cieli e la terra passerano” … con tutti i loro prodotti!
    Ma questo lo riscontriamo sopra tutto nell’INFEDELTà DI GIUDA ISCARIOTE CHE VI è IL COMPIMENTO, IL COROLARIO DELL’INFEDELTà D’ISRAELE AL SUO CREATORE E SALVATORE!
    Onorevole Arai Daniele, credo che partendo dalL’ articolo nr.2) sopra indicato, potremo intuire ed individuare sia alcune fondamentali spiegazioni dello stato attuale della Chiesa e dell’umanità parzialmente così bene indicate da Lei nei suoi articoli del tipo nr.1) sopraindicato, che delle soluzioni atte a raggiungere verità concretissime, storiche, per cacciare il maligno e la sua stirpe dove gli spetta per la loro cattiveria.
    Non sapevo niente di concreto sul SEBASTIANISMO fino qualche giorno fa. Ma in qesto spirito legendario del Quinto Impero si nascondono verità cattoliche! Ma sopratutto ODIO ANTICATTOLICO! La morte di Re Sebastiano e LA SPARIZIONE DELLA SUA SALMA DENTRO DELLE “CONCIDENZE” LEGATE ALLA COMUNITà EBRAICA DI MAROCCO SI PUO SPIEGARE IN RAPORTO ALL’ODIO GIUDEO-ESOTERICO-OCCULTISTICO! La sua sparizione puo essere l’effetto di:
    1. meledizioni ed anatemi ritualiche giudeo-cabalistiche gettate sul Re, sulla sua famiglia e sul cattolicesimo portoghese nonchè spagnolo e sul Papato stesso;
    2. una ricompensa, un premio promesso a chi porterebbe la testa o la salma o la persona viva del Re AVANZATA DALLO STESSO RABINATO ESULE IN MAROCCO!
    Di un’alleanza occultistica islamico-giudaica ci siamo accorti tutti specialmente con il fondatore massonico-islamico-zionista della Turchia moderna Ataturk. Possiamo riscontrare un patto satanico tra le dinastie more, il rabinato marocano ed il diavolo proprio sulla bandiera dell’attuale Marocco!!! LA VERA FORZA DEL GIUDAISMO, POICHè RIFIUTANTE DEL COMPIMENTO DELLA LEGGE E DELLA PROMESSA DIVINA NELLA PERSONA DI GESù CRISTO DI NAZARETH, NON STA PIù NELLA SUA ALLEANZA CON IL VERO DIO (tradito e rinegato più volte), MA IN UN’ALLEANZA OCCULTISTICA CON “I RESTI DI DIO” RIMASTI NEI LORO RITUALI ! MA DI QUESTI RESTI DIO NON NE HA PIù BISOGNO! HA COMPIUTO E COMPIE TUTTO IN CRISTO! QUESTI RESTI POSSONO VALERE QUALCOSA SE COMPOSTA UNA TRADIZIONE GIUDEO-CATTOLICA DENTRO LA CHIESA CATTOLICA CON UNA CHIESA SUI IURIS DI RITO GIUDEO-CATTOLICO, SUB PETRUM ET CUM PETRUS! ALTRIMENTI “QUESTI RESTI DI DIO” SONO ALLA PORTATA DEL SUO NEMICO (così come i cani senza padrone vano in cerca di resti da mangiare sulle strade e nei punti di raccolta imondizzi) NEI RITI E NELLE CULTURE CHE PUR AVENDO DEI “SEMI VERBUM” NELLA LORO STRUTTURA NON SONO ANCORA POTATI IN CRISTO E NELLA SUA VERA CHIESA CATTOLICA!
    E qui che l’Immacolta CI SCOPRE LA SUA PERFETISSIMA CONCRETEZZA, CI CONFERMA LA SUA QUALITà DI FIGLIA PREDILETTA DELL’ALTISSIMO CHE VEDE TUTTO, SPECIALMENTE NEL NASCOSTO ! Specialmente a Fatima e Lourdes, a Knock e La Salette! Poichè l’invisibile, il nascosto è per Dio come la materia per noi. Dio ha il senso, il sentire dell’essere come noi abbiamo il vedere gli oggetti e ancora molto di più di quanto un’analogia giusta potrebe aiutarci a capirLo! Per questo la Madonna ci indica a Fatima che il futuro si gioca NEI SACRAMENTI E SACRAMENTALI (specialmente il Divin Rosario) COME PERFETTO E SINGOLARE COMPIMENTO DELLA PAROLA DI DIO! SOLO CRISTO POTEVA COMPIERE COSì LA PAROLA DI DIO! ANZI I SACRAMENTI SONO IL SEGNO DEL VERO CRISTO E DELLA SUA VERA SPOSA CHIESA CATTOLICA CHE L’ANTICRISTO NON PUO IMITARE-SCIMIARE PERFETTAMENTE! E QUESTI HANNO POTERE SIA NEL CAMPO DEL VISIBILE CHE IN QUELLO DELL’INVISIBILE! A questi Sacramenti e Sacramentali Cattolici il maligno oppone i suoi rituali occultistici! Il rabinato esoterico insieme agli imam di certo orientamento satanico usano LE RELIQUIE CATTOLICHE (come la salma di Re Sebastiano ed il Legno della Santa Croce sparito stranamente allo stesso modo del Re, sempre in una Crociata) COME SEGNI, SOPPORTO SACRO IN RITI DI DESACRALIZZAZIONE E BLASFEMIA PER PIEGARE IL SUCONSCIO DELL’OGGETTO UMANO O ANIMALE DA PIEGARE ALLA LORO VOLONTà! ECCO PERCHè IL SEBASTIANISMO (nel suo aspetto negativo) VIENE INVOCATO (anche se solo in mormorio) TRA I POTENTI SAPIENTI DEL MONDO PER IMPEDIRE, COMBATERE, SVIARE IL MESSAGGIO DELLA VOSTRA E NOSTRA SPLENDIDE IMMACOLATA DI FATIMA: FATIMA RAPPRESENTA PER LORO NON UNA SACRA TEOFANIA CATTOLICA, MA UN ENNESIMO TENTATIVO DEI MONARCHICI CATTOLICI PORTOGHESI DI REALIZZARE UN’UTOPICO E PERICOLOSISSIMO QUINTO IMPERO SU UNA PARTE DELLA TERRA! INCONCEPIBILE ED INACCETTABILE PER IL MESSIANISMO SIA RABINICO(anticristo) CHE ISLAMICO(muad’dib)! MA FATIMA NON è SEBASTIANISMO! è VERO CATTOLICESIMO VITALE PER LA FEDE E PER TUTTA L’UMANITà!
    Forse quello che sto dicendo fa parte di quello anello mancante che spiega meglio la piegatura di Roncalli (ex nunzio in Turchia ecc.) all’occultismo mediteraneo giudeo-islamico con forti influenze sulle corti protestanto-massoniche tedesche, inglesi,francesi, olandesi, italiani, tutte forze maritime allo stesso tempo. Perchè, in cambio al Vessillo di Lepanto, il papa paolo vi non ha chiesto il corpo di Re Sebastiano? Oppure il Legno della Santa Croce? Perchè la vera riconciliazione implica un giusto e reciproco (non unilaterale e vile) gesto di giusta riparazione e pace nella Verità!
    ***Un’altro punto importante negli attachi del maligno e della sua stirpe contro il papato:
    con l’ascesa di Roncalli ed il mutamento del papato la Conferenza Episcopale Italiana (di cui Roncalli e Montini furono esponenti di primo rango) RUBò (si, questo è il giusto termine) IL MANOSCRITTO DEL SEGRETO DI FATIMA DI SUOR LUCIA DAI LORO FRATELLI VESCOVI PORTOGHESI E SPAGNOLI !!! Un vero Papa (indipendentemente dalla sua origine etnico-ecclesiastica) non piega gli interessi della Chiesa Cattolica Madre agli interessi nazionalisti di qualunque altra nazione o gruppo di nazioni (mediteranee specialmente o con interessi al mediteraneo) che sono solo parte della Chiesa! Ma questo facendo CI DERUBANO TUTTI CATTOLICI! HANNO PREGIUDIZIATO NOI TUTTI CATTOLICI PERCHè CI HANNO RIFIUTATO IL MIGLIORAMENTO DEL CIBO CELESTE CHE CI VENIVA ELARGITO TRAMITE LA VOSTRA BENEDETTA FATIMA! ANZI LA NOSTRA! Ma da qui ci risulta anche l’immensa responsabilita fraterno-cattolica dei portoghesi e dei spagnoli: A VOI è STATO AFFIDATO IL VERO DOGMA CATTOLICO, CIOè LE VERE CONDIZIONI DI RIMANERE VIVENTI IN CRISTO che è “la Via, la Verità, e la Vita” ma sopratutto la “GIUSTIZIA VIVENTE”! (“…; il potere della morte non regna sulla terra poichè LA GIUSTIZIA è IMMORTALE” _ Ben Sirah o Sapineza 1, 13-15). SIETE IMPARENTATI CON GLI ITALIANI TRAMITE LA MAFALDA DI SAVOIA E CON SPAGNOLI E FRANCESI E CON AUSTRO’UNGHERESI! Avete dunque più che il necessario per assicurare il Regno di Cristo sulla terra! Cosa aspettate? Cosa state facendo? MUOIO DI FAME E DI SETE DI DIO IN UN PAESE DISTRUTTO DALLA MASSONERIA E DAL MARXSISMO! VOGLIO VIVERE MA SOFFRO DI UNA “MALATTIA” DELLA RICERCA DELLA PUREZZA DEL CUORE CHE NECESSITà IN MODO ASSOLUTO IL VERO ED IL SOLO CIBO CATTOLICO! STO MORENDO INCOGNITO COME UN BIMBO AVORTATO SPONTANEAMENTE A CAUSA DEL SUBNUTRIMENTO DELLA MADRE – LA CHIESA LOCALE! SALVATEMI! SOLO VOI LO POTETE! AVETE LA CONSACRAZIONE ALL’IMMACOLATO CUORE DI MARIA! PER PRIMI! AVETE OBBEDITO IN TEMPO PIù CHE UTILE! I NOSTRI AVI, NO! MA CHE COLPA ABBIAMO NOI LORO FIGLI CHE VOGLIAMO VERAMENTE ESSERE CATTOLICI!? VOGLIO E SONO IL VOSTRO FRATELLO CATTOLICO! SE VOI, CHE AVETE LE STRUTTURE ED IL RIFLESSO CATTOLICO DA SECOLI FORMATO NON CI AIUTATE, COME POSSIAMO VIVERE NOI, I VOSTRI FRATELLINI CATTOLICI SOLO DA 200 ANNI, SPESSO PERSEGUITATI DA MAGGIORANZE ANTICATTOLICHE?!
    Sono sicuro che Ben’ai Birith e le Loggie di Ataturk sano di più su tutto ciò che ho scritto sopra! Un vero Papa Cattolico chiderebbe conto a loro ed indagherebbe su tutto cio! MA ORA è SOLO UN PAPA IN PECTORE CRISTI! Gli altri sono stati eletti per garantire la confidenza di tutti questi affari segreti dei potenti del mondo! PER LORO PIù IMPORTANTE è LA PACE DEL MONDO NON QUELLA DI CRISTO! MA C’è LA VIA COMPLEMENTARE CHE POTETE USARE ANCHE VOI, LAICI: CHIEDERE INCESSANTEMENTE GIUSTIZIA A DIO! MISERICORDIA E GIUSTIZIA SONO INSEPARABILI! IN QUEST’ANNO DELLA MISERICORDIA IO CHIEDO MISERICORDIA PER I CATTOLICI E SO CHE QUESTO CONSTA NELL’OTTENERE UNA SECOLARE GIUSTIZIA RIFIUTATA FIN’ORA A LORO! POICHè QUESTA GIUSTIZIA PORTERà LA VERITà ALLA LUCE DELLA FEDE E DELLA RAGIONE DEI CATTOLICI CHE CAPIRANO TUTTO! ED IL COMPRENDERE, CAPIRE è UN DONO DELLO SPIRITO SANTO NONCHè UN FRUTTO DELLA VERITà INCARNATA E VISSUTA NELLA GRAZIA CATTOLICA! E VERAMENTE I CATTOLICI SARANO LIBERI LIBERANDO ANCHE L’UMANITà IN CRISTO, CON CRISTO E PER CRISTO!
    Un’importante parte della Verità però si trova nel grifo del nostro e di Dio nemico invisibile e dobbiamo costringerLo a lasciarcieLa! E nostra! Io ho cominciato! Voi cosa pensate di fare? Non posso da solo! é troppo grande e importante e ci saziera per secoli di Pace!!! Comunque questa bestia non la puo mangiare! Puo solo ritenerLa nel suo grifo scabroso! Aiutatemi! Sfruttate urgentemente la vittoria di una piccola battaglia per vincere tutta la guerra! Sono riuscito a rompergli alcuni importanti denti, ma ho bisogno delle vostre forze per tirare fuori cio che e nostro! Non solo mio, ma NOSTRO! LA VERITà CI è STATA DATA TUTTA! L’IMMACOLATA E LA MADRE DELLA SOMMA VERITà E DI TUTTA LA VERITà! E LA VERITà SI è INCARNATA ED ABITA IN MEZZO A NOI! E UNO DI NOI! PENSATE E TREMATE! TREMATE DI CIO CHE VOI VOLETE: DI GIOIA, DI TIMORE, DI ESALTAZIONE .. MA TREMATE SINCERAMENTE PERCHè SIAMO I SUOI FIGLI AMATI! FIGLI DELLA SOMMA VERITà!!! mamma mia!
    La prego di osservare una sapiente confidenzialità su questo mio scritto. MA NON RIMANETE SOLO CON QUESTE INFORMAZIONI! Solo prudenza, non isolamento e solitudine! Sono sicuro che hanno gìa copiato tecnicamente questo messagio. Non si meravigli – anzi stia attento e ritenga a memoria – se osserverà nuove e strane persone aparire attorno a Lei (così detti conoscenti degli amici degli amici ecc.). Putroppo Brasile è anche lui massonico e teosofico! Non tutto però, non tutto…
    Con cordiali Benedizioni Cattoliche,
    don +germoglio dell’Immacolato ed Eucaristico Cuore di Maria Santissima Regina

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica

%d blogueiros gostam disto: