Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Arquivos Diários: maio 10, 2017

NOSSA SENHORA ESTEVE EM FÁTIMA EM CORPO E ALMA

 

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral

Escutemos o Papa São Pio X, num trecho da sua encíclica “Ad Diem Illum”, promulgada em 2 de Fevereiro de 1904:

«Quem não reconhecerá, que justamente nós afirmamos que Maria, assídua companheira de Jesus, desde a casa de Nazaré até ao Calvário, iniciada mais do que qualquer outro nos segredos do Seu Coração,  dispensadora, por direito de Mãe, de todos os Tesouros dos Seus Méritos, é por tudo isso ajuda ainda mais segura e eficaz para chegar ao conhecimento e amor de Cristo?

Prova evidente disso, nos dão infelizmente, com sua conduta deplorável, aqueles homens que seduzidos pelos artifícios do demónio, ou enganados por falsas doutrinas, CRÊEM PODER DISPENSAR O SOCORRO DA VIRGEM. Miseráveis e infelizes, transcuram Maria com a desculpa de renderem honra a Cristo! IGNORAM QUE NÃO SE PODE ENCONTRAR O MENINO SENÃO COM MARIA, SUA MÃE.

Estando assim as coisas, Veneráveis irmãos, queremos que apontem a esse escopo, todas as solenidades que se preparam por toda a parte em honra da Santa e Imaculada Conceição de Maria. Nenhuma homenagem, afinal, lhe é mais agradável e doce do que o nosso reconhecimento e o nosso verdadeiro amor a Jesus. Multidões de fiéis ocupem então as igrejas, celebrem-se Festas solenes, haja alegria nas cidades. Tudo isso é muito agradável para reavivar a Fé. MAS SE NÃO SE JUNTAR A ISSO OS SENTIMENTOS DO CORAÇÃO, TUDO NÃO PASSARÁ DE EXTERIORIDADE E SIMPLES APARÊNCIA DE RELIGIÃO. A esse espectáculo,  a Virgem, usando as Palavras de Cristo, assim nos repreende: “ESTE POVO HONRA-ME COM OS LÁBIOS, MAS O SEU CORAÇÃO ESTÁ LONGE DE MIM”(Mt 15,8).

Uma vez que, enfim, o culto autêntico da Mãe de Deus é aquele que vem espontâneo do coração,  os actos do corpo não têm, neste caso, nem utilidade nem valor, se vêm separados do impulso interior. Esse impulso deve ser dirigido a este objectivo: Que nós observemos plenamente o que manda o Divino Filho de Maria. Afinal, se o verdadeiro amor é apenas aquele que tem a virtude de unir as vontades,  necessàriamente, nós devemos ter a mesma vontade de Maria, isto é, DE SERVIR AO CRISTO SENHOR. Cada um se convença então, que se a devoção que professa à Santíssima Virgem não o remove do pecado, nem lhe inspira a expiar suas culpas, TRATA-SE DE DEVOÇÃO FALSA E MENTIROSA, DESPROVIDA DO SEU FRUTO PRÓPRIO.»

 

 

Mesmo na Santa Madre Igreja pré-conciliar, existiam certos autores, que não sendo modernistas, declaravam que nas Aparições de Nossa Senhora, se tinha verificado não uma presença física da Senhora, mas apenas uma forma luminosa objectiva, Sobrenatural, que sensìvelmente a representava. Esta tese não é herética, porque pode perfeitamente realizar-se; mas no caso de Fátima, Lourdes, La Salette, e outras Aparições mais importantes, deve, calorosamente, defender-se a presença de Nossa Senhora em corpo e alma, continuando, evidentemente, espiritualmente, no Céu. Neste caso particular, deve inserir-se a Aparição da Sagrada Família em 13 de Outubro. No caso de São José, embora o autor destas linhas sustente que é, futuramente, perfeitamente definível, por um verdadeiro Papa, a Assunção de São José, por enquanto, teològicamente, tal constitui sòmente uma pia opinião, e neste caso a Aparição de São José não poderia ser corporal, mas apenas em espírito.   

É A MAGNITUDE ESPIRITUAL, SOBRENATURAL, UNIVERSAL, DAS APARIÇÕES DE FÁTIMA QUE EXIGE UMA PRESENÇA, NÃO APENAS ESPIRITUAL, MAS IGUALMENTE CORPORAL. Noutras aparições, menos importantes, pode realmente ter-se verificado, sòmente, uma presença espiritual. Deus Nosso Senhor procede como quer. Entre este nosso pobre mundo e o além, existe um abismo ontològicamente absoluto, que só Deus Nosso Senhor pode franquear.

Note-se que Nossa Senhora esteve presente de modo circunscritivo, e só nesse sentido – natural. Assinale-se que Nosso Senhor Jesus Cristo, no Santíssimo Sacramento da Eucaristia, está presente, não pela comensurabilidade do Seu acidente transcendental de quantidade com as dimensões do espaço em que se situa, mas, imediatamente, pela própria forma substancial. Exactamente por isso, o Corpo Eucarístico de Cristo pode estar presente, simultaneamente, em vários locais, porque embora possua extensão entitativa, por disposição Divina, tal extensão não é actualmente circunscritiva. Esta explicação é FILOSÓFICA, E ESTRITAMENTE TOMISTA; A FÉ TEOLOGAL, SOBRENATURAL, SOBRETUDO QUANDO FORMADA PELA CARIDADE PERFEITA, CONFERE À ALMA, POR PARTICIPAÇÃO NA INTELIGÊNCIA DIVINA, UMA CERTEZA DA PRESENÇA EUCARÍSTICA QUE ULTRAPASSA TODOS OS PENSAMENTOS E CERTEZAS TERRENAS E HUMANAS. O ESTUDO FILOSÓFICO FACULTA APENAS UMA EVIDÊNCIA EXTRÍNSECA DO DOGMA, MAS QUE É APOLOGÈTICAMENTE EXTREMAMENTE NECESSÁRIA PARA CORTAR CERCE AS PRETENSÕES DA HERESIA.

Neste quadro conceptual, infere-se que mesmo a Aparição do Menino Jesus deve considerar-se verdadeira em Corpo, Sangue, Alma e Divindade, e além disso circunscritiva tal como a de Nossa Senhora. Nunca olvidemos que o corpo glorioso, seja O de Nosso Senhor, seja o de um santo, pode livremente manifestar-se sob qualquer idade, precisamente porque o santo ressuscitado, transcendentalmente – NÃO TEM IDADE, PORQUE VIVE NA ETERNIDADE, EMBORA POSSUA, ATÉ AO FIM DOS TEMPOS, UMA COMENSURABILIDADE EXTRÍNSECA COM O TEMPO TERRENO.

Há pessoas que colocam certas perplexidades no relato das Aparições do Anjo de Portugal. Terão os pastorinhos comungado verdadeiramente? Sem dúvida que sim, a hipótese contrária seria uma blasfémia lançada à veracidade de Deus Uno e Trino. Mas seria o Anjo sacerdote? Nenhum Anjo pode ser Sacerdote; visto que tendo sido o Género Humano, síntese transcendental de corpo e espírito, redimido por Nosso Senhor Jesus Cristo, Sumo e Eterno Sacerdote, ENQUANTO VERBO ENCARNADO, por um Sacrifício Visível, DE VALOR INFINITO, incruentamente renovado nos nossos Altares; o sacerdote ministro instrumental de Nosso Senhor só pode ser um homem; não pode ser mulher, nem Anjo. Além disso, o Anjo, na ordem natural, não possui, nem pode possuir, poder, para consagrar as Sagradas Espécies. SÓ DEUS NOSSO SENHOR COMO CAUSA PRINCIPAL EFICIENTE. Consequentemente, as Sagradas Espécies provieram decerto de alguma igreja, porque Deus Nosso Senhor procede hieràrquicamente, com suavidade e equilíbrio.

Na multiplicação evangélica dos pães, Nosso Senhor Jesus Cristo não criou pão ou peixe, não, fabricou o pão a partir dos seus elementos constituintes, e recolheu o peixe, de forma Preternatural, evidentemente, com o auxílio do Ministério dos santos Anjos.

Tudo o que ficou dito não infirma que em certas Aparições exista apenas um concurso sensível e objectivo de formas luminosas, com fundamento absoluto Sobrenatural. E no milagre do Sol, evidentemente que o sistema solar e planetário não foi abalado. Mas Deus Nosso Senhor, servindo-Se também aqui do concurso dos Anjos, proporcionou um conjunto de fenómenos ópticos extraordinários com finalidade estritamente Sobrenatural, como o fez, aliás, com o Papa Pio XII, nos jardins do Vaticano. Noutros casos, como em certos castigos, Deus Nosso Senhor pode mesmo aproveitar, materialmente, algum fenómeno natural, integrante da Providência ordinária, por exemplo, um terramoto; mas inserindo-o, formalmente, num sentido e numa intenção de Providência extraordinária, punitiva, ou outra.

As Aparições, em Pontevedra, à irmã Lúcia possuem todas as características que assinalam a presença corporal de Jesus e Maria; mas já não as Aparições em Tuy. Mas o valor Sobrenatural de ambas é idêntico, na manifestação da Infinita Misericórdia Divina.

É necessário ter em linha de conta que a modernista concepção que substitui o termo “Aparição” pelo termo “visão”, esta posição JÁ É HERÉTICA, PORQUE ANIQUILA O VALOR E O FUNDAMENTO  OBJECTIVO E SOBRENATURAL DA APARIÇÃO, PARA DAR LUGAR A UM PURO FENÓMENO PSICOLÓGICO PURAMENTE SUBJECTIVISTA, SENÃO MESMO PATOLÓGICO. É PERFEITAMENTE TÍPICO DO IMANENTISMO MODERNISTA.

É evidente, QUE QUEM FLUTUA ENTRE O ATEÍSMO E O AGNOSTICISMO, NÃO PODE CONCEBER APARIÇÃO ALGUMA; E POR ISSO, TÃO FREQUENTEMENTE, SE AGARRAM ÀS DITAS CIVILIZAÇÕES EXTRA-TERRESTRES, PARA TENTAREM COLMATAR O SEU PRÓPRIO VAZIO ESPIRITUAL. Note-se que segundo a Revelação imutável, os únicos seres inteligentes da Criação, além do homem, são sòmente os Anjos.

Que Nossa Senhora de Fátima – por Mediação de Quem tantas Graças recebi na infância e adolescência –  possa abençoar estes escritos.»

LOUVADO SEJA NOSSO SENHOR JESUS CRISTO

Lisboa, 7 de Maio de 2017

Alberto Carlos Rosa Ferreira das Neves Cabral  

Anúncios
Blondet & Friends

Il meglio di Maurizio Blondet unito alle sue raccomandazioni di lettura

AMOR DE LA VERDAD

que preserva de las seducciones del error” (II Tesal. II-10).

Pro Roma Mariana

Fátima e a Paixão da Igreja

Radio Spada

Radio Spada - Tagliente ma puntuale

Catholic Pictures

Handmaid of Hallowedground

Hallowedground

Traditional Catholic Visualism

Acies Ordinata

"Por fim, meu Imaculado Coração triunfará"

RADIO CRISTIANDAD

La Voz de la Tradición Católica